8

Gostaria de saber qual é a importância da função main e qual é a finalidade do retorno dela que é um inteiro?

Veja um exemplo mínimo da implementação da função main:

int main()
{
    printf("StackOverFlow\n");
    return (0);
}

Em que este retorno implica na execução do meu programa?

  • 1
    Já ouvi falar que isso é um retorno para o sistema operacional. "0" significa que o programa executou com sucesso ... – mau humor 21/04/16 às 1:46
11

Normalmente as linguagens precisam de um ponto de partida. Em java, c, c++, ada, pascal, assembly, etc, é usado um método ou um bloco (no caso do pascal) para saber onde a aplicação irá começar.

Em Assembly o código começa no método _start (se for Linux), o C, decide que o programa deve começar no main e o pascal tem um cloco de begin e end. para dizer onde a aplicação iniciará.

O retorno do método serve para saber se ocorreu tudo bem durante a execução do seu progama.

Exemplo de uso do retorno:

$ gcc main.c -o compiled
$ echo $?

Caso o arquivo seja compilado com sucesso irá retornar 0, os outros valores são para diferentes tipos de erro.

Outro método de uso é:

$ gcc -fPIC -shared -O2 mylib.c -o libmy.so &&
$ gcc main.c -o compiled ./libmy.so &&
$ echo "compilado com sucesso!" ||
$ echo "Erro ao compilar!"

O simbolo && refere-se a uma condição e, se os 2 arquivos foram compilados com sucesso, será chamado o primeiro echo, pois ele faz parte da condição e, caso contrario, será chamado o segundo echo, pois a condição or só é chamada caso o e seja falso.

4

Na linguagem C o valor de retorno da função main é passado para o sistema operacional, e pode ser testado pelo processo pai.

Um exemplo concreto: no Windows, quando você trabalha numa "janela DOS", esse valor de retorno da função main é o valor que recebe a variável de ambiente ERRORLEVEL.

c:\tmp> prog_teste.exe
if %ERRORLEVEL%==0 (
    echo prog_teste executou sem erro
) else (
    echo houve erro na execução de prog_teste
)

No Linux (e UNIX) o valor de retorno é deixado na variável do shell $?, que também pode ser testada logo a seguir à execução do programa

$ ./prog_teste
if [ $? = 0 ]; then
    echo prog_teste executou sem erro
else
    echo houve error na execução de prog_teste
fi

Em C++ é permitido omitir o comando return da função main, e neste caso o valor retornado é 0.

Em C, a partir da versão C99 esta omissão também é permitida, e o comportamento é igual ao da liguagem C++.

No shell do Linux (e UNIX) é possível fazer o teste de "sucesso" de um programa sem fazer o teste explícito de comparação com 0, basta testar o nome do programa.

$ ./prog_teste
if ./prog_teste; then
    echo prog_teste executou sem erro
else
    echo houve error na execução de prog_teste
fi
-2

Os experientes que me corrijam, mas creio que seja main a classe principal do programa, onde o programa começará a rodar.

Já o return, como temos int main(), temos a indicação que essa classe devolverá um tipo inteiro, por isso return(0). Poderíamos simplesmente criar void main(), indicando que não haverá retorno nenhum, ou seja, vazio (void).

Espero que tenha te ajudado.

  • 1
    Não existe classes em C, e mesmo que fosse java, seria errado afirmar que "main é uma classe". As classes só armazenam dados e métodos, não tem como colocar uma sequencia de instruções em uma classe, apenas em métodos. – Brumazzi DB 21/04/16 às 12:54
  • Boa! esqueci que estava lidando com C... rsrsrs poderia dizer então que é um tipo de indicador? indicar que o bloxo x faz parte do programa principal e deve começar a ser rodado dali, eria errado? – Felipe Mariano 21/04/16 às 13:44
  • não creio que indicador seja o termo correto, acho que dizer método apenas, é mais direto. – Brumazzi DB 21/04/16 às 17:19
  • Entendi! Obrigado pela ajuda – Felipe Mariano 21/04/16 às 17:36

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.