2

Estou pegando o tamanho de arquivos para exibir na tela:

new FileInfo(arquivo).Length

Só que esta propriedade me retorna o total de bytes... Eu gostaria de exibir em um formato que desse para entender, por exemplo, ao invés de 2147483647 quero mostrar 2 GB.

Como posso fazer isso?

  • 2
    Qual a razão de fazer uma pergunta e responder a si mesmo? – user622 29/12/13 às 3:45
  • @GabrielSantos Is it ok to ask and answer your own questions?. Apoiamos a reescrita de perguntas ou respostas do Stack Overflow. Razão: Gerar conteúdo em PT, essa é a rezão desse site existir. – BrunoLM 29/12/13 às 11:29
  • @Bacco tem que esperar 2 dias para poder aceitar a própria resposta. Eu esperei ~3. – BrunoLM 30/12/13 às 14:21
  • Alem disso a resposta do talles não suporta o tipo double, e não mostra 1 B, o minimo que mostra é em KB. A performance é melhor mas não significante. Consigo rodar minha solução 1 milhão de vezes em meio segundo. – BrunoLM 30/12/13 às 14:29
10

Performance!

Para quem, por qualquer motivo que seja, precise de que essa formatação tenha uma boa performance basta utilizar constantes e operadores de deslocamento binário (shift):

public static string TamanhoAmigavel(long bytes)
{
    if (bytes < 0) throw new ArgumentException("bytes");

    double humano;
    string sufixo;

    if (bytes >= 1152921504606846976L) // Exabyte (1024^6)
    {
        humano = bytes >> 50;
        sufixo = "EB";
    }
    else if (bytes >= 1125899906842624L) // Petabyte (1024^5)
    {
        humano = bytes >> 40;
        sufixo = "PB";
    }
    else if (bytes >= 1099511627776L) // Terabyte (1024^4)
    {
        humano = bytes >> 30;
        sufixo = "TB";
    }
    else if (bytes >= 1073741824) // Gigabyte (1024^3)
    {
        humano = bytes >> 20;
        sufixo = "GB";
    }
    else if (bytes >= 1048576) // Megabyte (1024^2)
    {
        humano = bytes >> 10;
        sufixo = "MB";
    }
    else if (bytes >= 1024) // Kilobyte (1024^1)
    {
        humano = bytes;
        sufixo = "KB";
    }
    else return bytes.ToString("0 B"); // Byte

    humano /= 1024;
    return humano.ToString("0.## ") + sufixo;
}

Por quê o ganho de performance?

  • Utilizando constantes você evita o cálculo em tempo de execução dos prefixos binários.
  • A operação de deslocamento de bits é, teoricamente*, menos custosa para o processador que a operações matemáticas comuns:

On simple low-cost processors, typically, bitwise operations are substantially faster than division, several times faster than multiplication, and sometimes significantly faster than addition. While modern processors usually perform addition and multiplication just as fast as bitwise operations due to their longer instruction pipelines and other architectural design choices, bitwise operations do commonly use less power because of the reduced use of resources. (fonte)

Traduzindo:

Em processadores de baixo custo, usualmente as operações em bits são substancialmente mais rápidas do que a divisão, muitas vezes mais rápidas que a multiplicação, e algumas vezes mais rápidas do que a adição. Apesar de os processadores modernos normalmente fazerem a adição e multiplicação tão rapidamente quanto as operações em bits devido às filas de instrução mais longas e outras decisões de arquitetura, as operações em bits normalmente usam menos energia por demandarem uma quantidade reduzida de recursos.

* Teoricamente pois na prática o compilador pode otimizar seu código.


Na pergunta da resposta citada pelo @BrunoLM existe uma outra solução interessante utilizando a DLL Shlwapi do Windows:

[DllImport("Shlwapi.dll", CharSet = CharSet.Auto)]
public static extern long StrFormatByteSize(long fileSize, [MarshalAs(UnmanagedType.LPTStr)]StringBuilder buffer, int bufferSize);

public static string StrFormatByteSize(long filesize)
{
    StringBuilder sb = new StringBuilder(11);
    StrFormatByteSize(filesize, sb, sb.Capacity);
    return sb.ToString();
}

Na maioria dos casos seria um exagero importar uma DLL externa para somente esta função. Mas provavelmente (alguém confirma?) a formatação feita por essa função é exatamente a utilizada pelo Windows Explorer; em algum cenário essa consistência pode ser útil ou até mesmo necessária.

  • 1
    Já que o foco é performance, uma outra otimização que pode ser feita é a seguinte: if (bytes >= 1024) é o mesmo que if (bytes >> 10), afinal e o número é maior ou igual a 1024, então algum bit após o décimo é 1 e o resultado do shift será não nulo. Assim é uma comparação a menos e permite ao compilador reutilizar a subexpressão bytes >> 10 nos dois pontos em que ela aparece. O mesmo se aplica ao 20, 30, etc. – Guilherme Bernal 30/12/13 às 16:46
  • 1
    @GuilhermeBernal, realmente haveria um ganho de performance, mas o C# não interpreta outro tipo que não bool em uma expressão condicional. O operador >> vai retornar um long e o C# irá forçar você a fazer a comparação nesse retorno (Cannot implicitly convert type 'long' to 'bool'). Mas não deixa de ser uma boa dica para quem está aproveitando a resposta para outra linguagem, como C++ :-) – talles 30/12/13 às 17:54
1

Existe várias formas de fazer isto. Uma que me chamou atenção foi o método do deepee1. Fiz um pequeno ajuste e coloquei este método em uma classe de extension methods.

public static partial class NumericExtender
{
    private static IList<string> fileSizeUnits;

    static NumericExtender()
    {
        fileSizeUnits =
            new List<string>() { "B", "KB", "MB", "GB", "TB", "PB", "EB", "ZB", "YB" };
    }

    /// <summary>
    /// Retorna o valor formatado como tamanho de arquivo (KB, MB, GB...).
    /// </summary>
    /// <param name="totalBytes">Total de bytes do arquivo.</param>
    /// <param name="precision">Número de casas decimais para exibir.</param>
    /// <returns>Tamanho do arquivo formatado.</returns>
    public static string ToFileSize(this double totalBytes, int precision = 2)
    {
        if (totalBytes <= 0)
            return String.Format("0 {0}", fileSizeUnits[0]);

        double bytes = Math.Abs(totalBytes);
        int place = Convert.ToInt32(Math.Floor(Math.Log(bytes, 1024)));
        if (place > fileSizeUnits.Count - 1)
            place = fileSizeUnits.Count - 1;

        double num = Math.Round(bytes / Math.Pow(1024, place), precision);
        return String.Format("{0} {1}", Math.Sign(totalBytes) * num, fileSizeUnits[place]);
    }
}

E fiz um método de teste:

[TestMethod]
public void ToFileSize()
{
    Assert.AreEqual("0 B", Int32.MinValue.ToFileSize());
    Assert.AreEqual("0 B", UInt32.MinValue.ToFileSize());
    Assert.AreEqual("0 B", Int64.MinValue.ToFileSize());
    Assert.AreEqual("0 B", UInt64.MinValue.ToFileSize());
    Assert.AreEqual("0 B", Double.MinValue.ToFileSize());

    Assert.AreEqual("2 GB", Int32.MaxValue.ToFileSize());
    Assert.AreEqual("4 GB", UInt32.MaxValue.ToFileSize());
    Assert.AreEqual("8 EB", Int64.MaxValue.ToFileSize());
    Assert.AreEqual("16 EB", UInt64.MaxValue.ToFileSize());
    Assert.AreEqual("1.48701690847778E+284 YB", Double.MaxValue.ToFileSize());

    Assert.AreEqual("1.24 KB", 1270.ToFileSize());
    Assert.AreEqual("1.24023 KB", 1270.ToFileSize(5));
}

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.