9

No ano passado foi anunciado 3 versões do Visual Studio 2015: Community, Professional e Enterprise

Com base nas ferramentas disponíveis em cada versão:

  • o que eu perco entre usar uma e outra em parte de produtividade e ferramentas disponíveis?
  • (opcional) é recomendado para que tipos de projetos, se possível exemplos?! (ex: pequenos projetos como um aplicativo de um site, perda de ferramentas de emulação de celulares,...)
14

Professional

O Visual Studio Community em si não tem nada a menos que o Professional. Pode haver alguns benefícios além do IDE que a Microsoft só dá na versão paga. Entre eles destacam-se o Team Services na sua plenitude e o Team Foundation Server. Também disponibilidade de diversos softwares (SQL Server, Exchange, etc.) para uso em ambiente de desenvolvimento, além de créditos em diversos serviços. No link acima pode ser visto as restrições de uso desta versão.

Enterprise

A edição Enterprise tem vários recursos extras principalmente ligados ao ALM, testes e debugging. Há uma tabela comparativa oficial. Destaco:

  • IntelliTrace (debug histórico)
  • .NET Memory Dump Analysis
  • Code Map Debugger Integration
  • Web Load & Performance Testing
  • IntelliTest
  • Microsoft Fakes (Unit Test Isolation)
  • Code Coverage
  • Coded UI Testing
  • Manual Testing
  • Exploratory Testing
  • Test Case Management
  • Fast-forward for Manual Testing
  • CodeLens
  • CodeClone
  • Architectural Layer Diagrams
  • Architecture Validation
  • UML Diagrams
  • Virtual environment setup & teardown
  • Provision environment from template
  • Checkpoint environment
  • Web-based Test Case Management
  • Release Management
  • Test Manager
  • Recursos extras para o Xamarin (Android e iOS), incluindo Remote Simulator
  • Testes de unidade em "tempo real"
  • Ferramentas extras de SQL de terceiros

Isso pode interessar.

0

Vai de acordo com o que você quer utilizar mesmo a grosso modo.

O Community principalmente é com o foco acadêmico (ferramentas básicas para desenvolvimento), porém, não é tão flexível quanto o Professional a cerca de ferramentas. Já o Enterprise existe teste de unidade como ferramenta por exemplo (mas pode se utilizar outros programas que façam TestUnit). São em si ferramentas mesmo que diferenciam umas das outras. Eu utilizo o Visual Studio Professional no trabalho mas em casa tenho o Community e particularmente o Professional pode te dar muito mais benefício comparado ao Community.

Mais dúvidas segue o Link do site da MS falando sobre os produtos perguntados.

  • 1
    O Community não tem foco acadêmico, o foco é amplo e é comercial. O IDE em si é igual ao Professional. – Maniero 6/04/16 às 21:57
  • @bigown interessante o que você disse, mas eu achei o Community digamos ''pelado'' comparado ao Professional. Por isso eu senti uma pegada meio pra fins acadêmicos. – Daniel Nicodemos 7/04/16 às 3:15
  • 1
    Achar é uma coisa, ser é outra bem diferente. As respostas não podem ser o que a pessoa acha e sim o que é. – Maniero 7/04/16 às 7:31
  • @bigown o termo achar, seria pela proposta da Microsoft entre utilizar do Community uma ideia de compartilhar conhecimentos e etc. Por isso eu considero de uma forma uma pegada acadêmica TAMBÉM. Assim como é proposta citada no próprio site de microsoft para contribuição com projetos de código aberto. – Daniel Nicodemos 7/04/16 às 17:54

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.