2

Como posso criar uma lista a partir da soma de duas anteriores sem que algum valor apareça repetido, sem usar a função set?

Exemplo:

>>>a = [1, 2, 3]
>>>b = [3, 4, 5]
>>>c = a + b
>>>print c
[1, 2, 3, 3, 4, 5]

Obs.: Não posso usar a função set para criar um conjunto pois ainda não vi esse termo nas aulas de ICC. Estou nos exercícios de laços (while), mas no modo que escrevi o programa (errado, quase certo) não utilizei laços.

Se puderem me ajudar utilizando laços, seria interessante

Como estou fazendo sem o while:

a = int(raw_input())
x = range(0, a, 3)
y = range(0, a, 5)
lista = x + y
soma = sum(lista) 
print soma

3 Respostas 3

2

Uma forma de fazer seria assim:

a = [1, 2, 3]
b = [3, 4, 5]

c = []

for elemento in a:
    c.append(elemento)

for elemento in b:
    if elemento not in c:
        c.append(elemento)

O que estamos fazendo é: para cada elemento da primeira lista, colocamos na lista de resultado. Depois, para cada elemento da segunda lista, se ele já não está na lista resultado, colocamos.

  • Muito obrigado! Mas o termo append ainda não faz parte do meu vocabulário Python também :x – Guilherme Santana De Souza 19/03/16 às 2:39
  • É como você coloca novos elementos no fim da lista. Você pode trocar por c = c + [elemento] , mas assim você está gerando várias listas desnecessariamente. – Pablo Almeida 19/03/16 às 2:41
  • Entendo.. Mas creio que assim seja mais adequado à minha situação. Poderia me mostrar como seria utilizando a função While? O programa deve receber um valor n e imprimir a soma de todos os valores menores que n e que sejam múltiplos de 3 e 5. O problema que tive é que 3 e 5 possuem múltiplos em comum, como 15 por exemplo, e ele não deve ser utilizado duas vezes na soma. – Guilherme Santana De Souza 19/03/16 às 2:44
  • Você não estudou for ainda? for é a estrutura de repetição mais adequada para percorrer listas. – Pablo Almeida 19/03/16 às 2:46
  • @GuilhermeSantanaDeSouza: fica a dica: você só precisa da soma. Não precisa calcular a lista dos números... – hugomg 19/03/16 às 2:46
3

Você pode fazer da forma mais direta:

  • Usando laços, você pode testar se um dado elemento da segunda está na primeira lista (e por ele no final se não estiver)
  • Com um outro laço, você pode repetir esse processo para inserir cada elemento da segunda lista na primeira

O ruim da forma direta é que o tempo de execução fica bem lento se suas listas forem grandes. Mais precisamente, se suas listas tiverem N elementos, o tempo para fazer um "merge" da forma direta será da ordem de N2

Podemos diminuir esse tempo para algo da ordem de N*LOG(N) se aproveitarmos o fato dos elementos da lista serem ordenáveis (isso é o set faz por trás dos panos, mais ou menos). Se você ordenar as duas listas, dá pra fazer o merge delas em uma única passada. É claro, pra fazer isso você vai ter que aprender a ordenar um vetor de forma eficiente, o que é um assunto para outra aula :P

1

Para resolver esta questão podemos utilizar o seguinte código:

from itertools import chain

a = [1, 2, 3]
b = [3, 4, 5]

c = list()
for item in chain(a, b):
    if item not in c:
        c.append(item)

c.sort()
print(f'\033[32mA lista resultante é: {c}')

Observe que quando executamos este código, o laço de repetição for percorre simultaneamente as duas listas a e b, com ajuda do método chain da biblioteca itertools, verificando se cada item da cada uma das listas está contido na lista c. Caso negativo, o respectivo valor da respectiva lista é adicionado na lista c. Caso positivo, o referido valor não é adicionado na lista c.

Terminado de ter adicionado todos os valores sem repetições, a lista c é ordenada em forma crescente e, posteriormente, a mesma é exibida.

Agora, imagine se desejássemos realizar estas operações em duas listas quaisquer. Como poderíamos resolver? Neste caso devemos implementar um código que possa manipular duas listas quaisquer. Para isso podemos utilizar o seguinte código:

from itertools import chain

a = list(map(int, input('Digite os valores da 1ª lista: ').split()))
b = list(map(int, input('Digite os valores da 2ª lista: ').split()))

c = list()
for item in chain(a, b):
    if item not in c:
        c.append(item)

c.sort()
print(f'\033[32mA lista resultante é: {c}')

Quando executamos este segundo código recebemos a seguinte mensagem: Digite os valores da 1ª lista:. Neste momento devemos digitar todos os valores da 1ª lista, na mesma linha, separados por um só espaço e pressionar enter. Em seguida, recebemos a segunda mensagem: Digite os valores da 2ª lista:. Neste momento devemos inserir todos os valores da segunda lista do mesmo jeito que inserimos na primeira.

Depois de ter inserido todos os valores nas duas listas o laço de repetição for realizará as mesmas operações descritas no primeiro código.

Qual é a diferença entre o primeiro e segundo código?

O primeiro código só é capaz de trabalhar com exclusivamente as duas listas inseridas previamente no código. Já o segundo código é capaz de trabalhar com quaisquer duas listas e com quaisquer quantidades de valores - em cada uma delas.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.