0

Eu estou implementando um modelo de iluminação, utilizando como referência a formulação de Phong. Não ficou claro para mim como Phong introduz a cor do material iluminado na equação. A equação base que estou utilizando para cada pixel, para um ponto de luz, é dada conforme os trechos abaixo:

Result.R := Ia.R*ka.R + P.IL.R*((M.kd.R*LN) + (M.ks.R*Power(Max(VR,0),M.Ns)));
Result.G := Ia.G*ka.G + P.IL.G*((M.kd.G*LN) + (M.ks.G*Power(Max(VR,0),M.Ns)));
Result.B := Ia.B*ka.B + P.IL.B*((M.kd.B*LN) + (M.ks.B*Power(Max(VR,0),M.Ns)));

Result.R := Round(Result.R*255/3);
Result.G := Round(Result.G*255/3);
Result.B := Round(Result.B*255/3);

(* Where:
   Result : (R,G,B) color of pixel;
   Ia: intensity of Ambient Light for each component R, G, B;
   ka: material coefficient for reflection of ambient light;
   P: Dot Light;
   IL: intensity of Dot Light for each component R, G, B;
   kd: material coefficient for diffuse reflection of Dot Light;
   ks: material coefficient for specular reflection of Dot Light;
   LN: dot product (L.N);
   VR: dot product (V.R);
   L: Vector from pixel to Dot Light;
   N: Normal vector on the pixel;
   V: Vector from pixel to Observer;
   R: Reflected vector of L relative to N; *)

Como o valor máximo de cada parcela é 1 (total 3), eu faço uma adaptação para ficar no intervalo de 0 a 255:

    Result.R := Round(Result.R*255/3);
    Result.G := Round(Result.G*255/3);
    Result.B := Round(Result.B*255/3);

Não está programado exatamente assim porque, quando há mais de um ponto de luz, as componentes difusa e especular de cada luz são somadas em Result. A componente Ia*ka não muda. Ao invés de dividir acima por 3, divide-se por outro número (se forem duas luzes, divido por 5, se forem três, por 7, e assim sucessivamente).

Esse tipo de implementação me permite controlar a cor do material pelos coeficientes ka, kd e ks. A cor da luz é controlada por Ia (luz ambiente) e P.IL. O modelo que estou seguindo se parece com o que está no link: https://en.wikipedia.org/wiki/Phong_reflection_model

Quais outras formas de introduzir a cor do material na equação? Eu sei que existem várias versões de Phong, mas quais seriam as possibilidades que permitem dar cor ao material e às luzes?

  • Acho que isso não é uma dúvida sobre o Delphi. Sobre física e matemática talvez. Mas não sobre o Delphi. Ou isso, ou você não forneceu dados suficientes para se entender exatamente o que você quer dizer por "introduzir a cor" e "equação"... – EMBarbosa 18/03/16 às 17:48
  • Eu não tinha encontrado tags adequadas e também não tenho nível de reputação no site para acrescentar novas. Usei agora algumas que achei que se encaixam melhor a pergunta, obrigado :) – André Castanho 26/08/16 às 2:48
  • Introduzir cor é o que estou fazendo atribuindo componentes R, G, B à Luz Ambiente, Pontos de Luz e aos coeficientes ka, kd e ks (que eu acredito serem propriedades de interação do material com a luz). A "equação de Phong", que dá para ver no Wikipedia, acaba se transformando em 3 equações, uma para R, outra para G e outra para B. Se somente for usada uma equação sem componentes, é como se as luzes e o material fossem brancos, com brilhos difuso e especular, mas brancos. – André Castanho 26/08/16 às 2:59
  • Acho que entendi. Mas sua questão, na minha opinião, continua com os seguintes problemas: 1) se você quer saber sobre a implementação do modelo, então, além de mostrar o modelo que está tentando implementar você deve postar todo seu código atual e apontar onde está seu problema. Sem isso, é provável que ninguém vai conseguir te ajudar. 2) Se você quer saber sobre outras maneiras de modelar iluminação, deveria perguntar no physics.stackexchange.com ou no scicomp.stackexchange.com – EMBarbosa 26/08/16 às 16:37

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.