3

Preciso entender como funciona o código de máquina, por exemplo, os declaramentos das instruções e como pode se tornar legível como o Assembly, onde poderei ver instrução como mov, "interpretar". Adicionalmente, por que fizeram esses símbolos? Não sei nomear nada.

Para ideia, compilei um código simples em um compilador de Assembly que abre uma caixa de mensagem dizendo algo.

Convertido de hexadecimal para texto pelo bloco de notas do MS Windows:

Executável

  • O que você quer dizer com "como funciona?"? Seja mais específico na sua dúvida. Este código foi escrito em Assembly? Então ele não foi compilado, e portanto não faz sentido falar em descompilação. – Maniero 12/03/16 às 16:39
  • @bigown Se ele está assim é porque está compilado, não? Cheio de símbolos. Esse não é o Assembly e fui específico, mas veio do Assembly! – Hydroper 12/03/16 às 16:41
  • 1
    Eu não sei se o que você quer aprender é código de maquina ou Assembly. – gato 12/03/16 às 16:51
  • 1
    Vou repetir, não existe compilador de Assembly. Existe assembler, ou seja, montador. Até existe compilador (se é que pode se chamar assim de macros para Assembly, mas aí é outra coisa. – Maniero 12/03/16 às 20:17
  • 1
    Não. Código de máquina é uma coisa, Assembly é outra. Ah, você quer um manual completo disso. Tem livros de com mais de 1000 páginas que mostram isso. Isso não é nada específico. É, deve existir uma conspiração dos mais de 16 anos. – Maniero 12/03/16 às 20:34
6

Tentando responder superficialmente, esse é um arquivo em determinado formato, assim como existem formatos de banco de dados, textos, planilhas, imagens, etc. Esse é um formato que o sistema operacional reconhece e sabe o que fazer com o conteúdo dentro. Ali contém instruções de como colocar o conteúdo relevante na memória. Também tem as instruções e os dados estáticos da aplicação. Pode-se entender isto como um "textão" que algum componente saberá como lidar. Não é um texto puro porque permite caracteres extras que não estão presentes em textos, por isso é chamado de binário.

O sistema operacional dirá ao processador que deve executar as instruções contidas ali (dentro do seu sistema interno de agendamento) e este passará "interpretar" aqueles caracteres para decidir o que fazer dentro dele.

Algumas arquiteturas possuem instruções de tamanho fixo e outras de tamanho variável. Cada caractere ou conjunto de caracteres indicam qual instrução deve ser executada e que "operandos" serão usados nesta operação. O processador processará os bits desses operandos (se tiver algum) ou de algum registrador ou outra coisa previamente definido pela instrução. Depois ela vai para a próxima instrução - eventualmente uma instrução pode alterar qual é a próxima (desvio). Na maioria dos sistemas operacionais isto ocorre até que uma sinalização definida previamente devolva o controle para o sistema operacional.

Isso pode ser melhor visto em Como um computador entende o código binário?.

É bem mais complexo que isso, mas já estou me alongando. O importante é que cada caractere desses indica algo que o processador sabe o que fazer. No fundo os caracteres são números conforme a tabela ASCII extendida - é mostrado assim porque pode facilitar a leitura em algo que está sendo interpretado como um texto comum (afinal foi usado um editor de texto), é possível ver de outras formas, dá até para ver os bits deles, cada um escolhe como quer visualizar.

Um código escrito em linguagem de alto nível pode ser compilado para gerar isso, ou um código em Assembly pode ser montado. Há uma relação direta 1:1 entre as instruções Assembly e esses caracteres (em conjunto). Portanto o código de máquina pode ser facilmente convertido para o Assembly bruto aproximado que o gerou (longe de ser legível) por um desmontador. O Assembly é um código "mais fácil" de um humano ler - inclusive porque possui comentários, o código de máquina é mais fácil para o computador.

Um utilitário adequado para ver código binário é o objdump ou dumpbin.

Os links nos comentários ajudam dar uma ideia melhor do assunto.

  • Quando se diz uma linguagem de "alto nível" você quer dizer "linguagem com mais acesso ao sistema"? (sim, sei que não importa a síntaxe, mas o compilador) É possível gerar aqueles símbolos para gerar um arquivo executável (por exemplo) sem digitar eles? PS::: eu acho que quase no mesmo dia que fiz a questão estava fazendo algo errado com alguma referência no Wikipédia que embora podia estar certa. Lá tem umas referências de instruções e seu caractere hexadecimal, pude pressentir símbolos lá. – Hydroper 14/03/16 às 9:52
  • pt.stackoverflow.com/q/57309/101 Eu acho que você supõe coisas que não fazem sentido. Não consegui entender sua dúvida aí. De qualquer forma, parece ser uma pergunta nova, então abra uma nova. Tá vendo como não era específico. – Maniero 14/03/16 às 12:09

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.