3

Tenho uma duvida em relação a isto : **ptr

Consigo perceber todos os outros (ptr++, &ptr, *ptr)

Não sei qual será a melhor forma de perceber como funciona **ptr (Apontado do apontado.)

Obrigado a quem me conseguir esclarecer está duvida .

4

A parte importante para entender isso, é entender como ponteiros funcionam.

Vamos imaginar que declaramos um ponteiro com o conteúdo ABC: const char *c = "ABC";

Então, "ABC" está em algum lugar da memória e o ponteiro está também na memória. Se quisermos criar um ponteiro para c, também é possível com o código:

const char **cp = &c;

Nesse caso o ponteiro cp, também é alocado na memória e está apontando para onde está o ponteiro c.

Por exemplo, se tivermos olhando para um trecho de memória:

Endereço
21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30
-----------------------------------------------
 A |  B |  C |    | 21 |    | 25 |    |    |
Conteúdo

cp está no endereço 27 e aponta para o endereço 25.
c está no endereço 25 e aponta para o endereço 21.
no endereço 21, temos a string ABC.
3

Imagina que tens vários apontadores para textos

char *lang_pt[] = {"rato", "teclado", "monitor"};
char *lang_en[] = {"mouse", "keyboard", "screen"};

e queres fazer um apontador único que aponte para a lingua que o utilizador escolheu

char **lang_user;
if (rand() % 2) lang_user = lang_pt;
else            lang_user = lang_en;

printf("2. %s\n", lang_user[1]); // teclado???? keyboard???
2

Citando o Stack Overflow (em inglês):

  • lista de caracteres (uma palavra): char *palavra;
  • frase (uma lista de palavras): char **frase;
  • monólogo (lista de frases): char ***monologo;

E por aí vai...

https://stackoverflow.com/questions/5580761/why-use-double-pointer-or-why-use-pointers-to-pointers

  • 1
    +1, mas faltou um * no seu monólogo. – tayllan 10/03/16 às 15:06

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.