9

Estava olhando o código fonte da página do Kickass e este trecho me chamou a atenção:

<script type="application/ld+json">
{
   "@context": "http://schema.org",
   "@type": "WebSite",
   "url": "https://kat.cr",
   "potentialAction": {
      "@type": "SearchAction",
      "target": "https://kat.cr/usearch/{q}/",
      "query-input": {
        "@type": "PropertyValueSpecification",
        "valueRequired": true,
        "valueName": "q"
      }
   }
}
</script>

Isso é algum definições de algum framework e/ou biblioteca? Qual o propósito de usar type="application/ld+json" em uma tag script? O que pode ser feito com isto?

  • Para o eventual navegante que quer saber como acessar esse objeto facilmente, tem no SO – brasofilo 26/01 às 5:00
10

O JSON-LD é um dos vários tipos de Schema, assim como o Microdata, ele não faz nada pro javascript ou pro HTML em si, na verdade ele é usado por buscadores, como o Google, ele é um "padrão de dados" que você usa pra instruir os buscadores pro tipo de conteúdo que o site oferece ou como é a organização das páginas, o nome disto é "marcação de dados estruturados" (Structured Data Markup).

Buscadores são inteligentes pra detectar o conteúdo, navegação e funcionalidades do site, mas não o suficiente, pois ninguém escreve HTML do mesmo jeito, a solução encontrada foi criar métodos de organizar os dados, assim os buscadores podem identificar e até personalizar o resultado da paginação, como por exemplo:

  • *

Veja tem o preço o rating e as reviews pra cada resultado, os buscadores as vezes conseguem fazer isso por si só com o seu site, mas nem sempre é possível.

Um exemplo de navegação:

  • *

Existem outros tipos de dados que foram propostos pelo http://schema.org/docs/schemas.html como:

  • Microdata exemplo:

    Veja esta é a informação sobre uma pessoa, mas os buscadores provavelmente não entenderão tão bem:

    <section> Hello, my name is John Doe, I am a graduate research assistant at
    the University of Dreams.
    My friends call me Johnny. 
    You can visit my homepage at <a href="http://www.JohnnyD.com">www.JohnnyD.com</a>.
    I live at 1234 Peach Drive, Warner Robins, Georgia.</section>
    

    Agora com Microdata, desta maneira você usa html normal e ainda explica pro buscador as informações da pessoa:

    <section itemscope itemtype="http://schema.org/Person"> 
        Hello, my name is 
        <span itemprop="name">John Doe</span>, 
        I am a 
        <span itemprop="jobTitle">graduate research assistant</span> 
        at the 
        <span itemprop="affiliation">University of Dreams</span>. 
        My friends call me 
        <span itemprop="additionalName">Johnny</span>. 
        You can visit my homepage at 
        <a href="http://www.JohnnyD.com" itemprop="url">www.JohnnyD.com</a>. 
        <section itemprop="address" itemscope itemtype="http://schema.org/PostalAddress">
            I live at 
            <span itemprop="streetAddress">1234 Peach Drive</span>,
            <span itemprop="addressLocality">Warner Robins</span>,
            <span itemprop="addressRegion">Georgia</span>.
        </section>
    </section>
    
  • RDFa exemplo:

    Usando RDFa pra explicar pro buscador as informações de uma pessoa:

    <?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
    <!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML+RDFa 1.0//EN"
        "http://www.w3.org/MarkUp/DTD/xhtml-rdfa-1.dtd">
    <html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"
        xmlns:foaf="http://xmlns.com/foaf/0.1/"
        xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"
        version="XHTML+RDFa 1.0" xml:lang="en">
      <head>
        <title>John's Home Page</title>
        <base href="http://example.org/john-d/" />
        <meta property="dc:creator" content="Jonathan Doe" />
        <link rel="foaf:primaryTopic" href="http://example.org/john-d/#me" />
      </head>
      <body about="http://example.org/john-d/#me">
        <h1>John's Home Page</h1>
        <p>My name is <span property="foaf:nick">John D</span> and I like
          <a href="http://www.neubauten.org/" rel="foaf:interest"
            xml:lang="de">Einstürzende Neubauten</a>.
        </p>
        <p>
          My <span rel="foaf:interest" resource="urn:ISBN:0752820907">favorite
          book is the inspiring <span about="urn:ISBN:0752820907"><cite
          property="dc:title">Weaving the Web</cite> by
          <span property="dc:creator">Tim Berners-Lee</span></span></span>.
        </p>
      </body>
    </html>
    

O problema do RDFa e do Microdata é que tem que usar HTML5+xml, isto mistura o html com os "esquemas", atrapalha um pouco, por isso o JSON-LD pode ser mais fácil de implementar, pois os dados ficam em uma tag separada, como descrever uma pessoa:

{
  "@context": {
    "name": "http://xmlns.com/foaf/0.1/name",
    "homepage": {
      "@id": "http://xmlns.com/foaf/0.1/workplaceHomepage",
      "@type": "@id"
    },
    "Person": "http://xmlns.com/foaf/0.1/Person"
  },
  "@id": "http://me.example.com",
  "@type": "Person",
  "name": "John Smith",
  "homepage": "http://www.example.com/"
}

Leia mais em: http://schema.org/docs/gs.html

Navegação (Breadcrumbs)

Nem só de informações de pessoas é feito os "Dados estruturados" (Structured Data), a algum tempo os sites como Mercadolivre e Uol veem usando a navegação assim com Microdata:

Home > Produtos > Informática > Computador Dell i5

Este é um bom motivo pra usar o Json e "ensinar" aos buscadores como funciona a navegação do seu site, exemplos:

  • JSON-LD:

    <script type="application/ld+json">
    {
      "@context": "http://schema.org",
      "@type": "BreadcrumbList",
      "itemListElement": [{
        "@type": "ListItem",
        "position": 1,
        "item": {
          "@id": "https://example.com/arts",
          "name": "Arts"
        }
      },{
        "@type": "ListItem",
        "position": 2,
        "item": {
          "@id": "https://example.com/arts/books",
          "name": "Books"
        }
      },{
        "@type": "ListItem",
        "position": 3,
        "item": {
          "@id": "https://example.com/arts/books/poetry",
          "name": "Poetry"
        }
      }]
    }
    </script>
    
  • RDFa:

    <ol vocab="http://schema.org/" typeof="BreadcrumbList">
      <li property="itemListElement" typeof="ListItem">
        <a property="item" typeof="WebPage"
            href="https://example.com/arts">
          <span property="name">Arts</span></a>
        <meta property="position" content="1">
      </li>
      ›
      <li property="itemListElement" typeof="ListItem">
        <a property="item" typeof="WebPage"
            href="https://example.com/arts/books">
          <span property="name">Books</span></a>
        <meta property="position" content="2">
      </li>
      ›
      <li property="itemListElement" typeof="ListItem">
        <a property="item" typeof="WebPage"
            href="https://example.com/arts/books/poetry">
          <span property="name">Poetry</span></a>
        <meta property="position" content="3">
      </li>
    </ol>
    

Testando

O Google fornece uma ferramenta de teste https://developers.google.com/structured-data/testing-tool/ que suporta URLs ou digitar no campo de texto, pra validar a sua marcação.

Criando rapidamente a sua própria marcação

O google tem uma ferramente que auxilia a rápida criação dos dados estruturados:


Nota:

Não me lembro ao certo, mas acho que 2 anos atrás o Google incentivava fortemente o Microdata na documentação, notei que muitos sites rapidamente se adaptaram a este formato, mas agora na documentação parece incentivar o JSON-LD fortemente e o RDFa

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.