0

O Prompt de Comandos do Windows usa uma tabela ASCII diferente da nossa, que inclusive eu não sei qual é.

Tanto é que um batch com caracteres especiais quando impresso na tela ficam estranhos: Opção de área de influência fica OpþÒo de ßrea de influÛncia.

Pra corrigir isso, sem sacrificar o que será exibido na tela, usa-se uma tabela de substituição de caracteres especiais por outros que são ilegíveis mas que representam o caractere na tela ASCII do CMD.

Exemplo: escrevendo no batch Op‡Æo de  rea de influˆncia ele printa na tela Opção de área de influência como devia ser.

Eu não achei um padrão da tabela ASCII com esses correspondentes, então tenho que fazer a comparação de um por um.

Pra facilitar eu quero fazer uma rotina em C# que depois do batch escrito ela o leia e os caracteres especiais sejam substituídos pelos correspondentes. O problema é que a saída substitui os caracteres especiais por ?. Eu suponho que isso seja problema de codificação.

Eu quero saber qual codificação usar para ler o arquivo e para gravar as alterações no novo.

O switch que eu montei:

switch (Letra)
{
    case 'á': return ' ';
    case 'à': return '…';
    case 'ã': return 'Æ';
    case 'ä': return '„';
    case 'â': return 'ƒ';
    case 'Á': return 'µ';
    case 'À': return '·';
    case 'Ã': return 'Ç';
    case 'Ä': return 'Ž';
    case 'Â': return '¶';
    case 'é': return '‚';
    case 'è': return 'Š';
    case 'ë': return '‰';
    case 'ê': return 'ˆ';
    case 'É': return '';
    case 'È': return 'Ô';
    case 'Ë': return 'Ó';
    case 'Ê': return 'Ò';
    case 'í': return '¡';
    case 'ì': return '';
    case 'ï': return '‹';
    case 'î': return 'Œ';
    case 'Í': return 'Ö';
    case 'Ì': return 'Þ';
    case 'Ï': return 'Ø';
    case 'Î': return '×';
    case 'ó': return '¢';
    case 'ò': return '•';
    case 'õ': return 'ä';
    case 'ö': return '”';
    case 'ô': return '“';
    case 'Ó': return 'à';
    case 'Ò': return 'ã';
    case 'Õ': return 'å';
    case 'Ö': return '™';
    case 'Ô': return 'â';
    case 'ú': return '£';
    case 'ù': return '—';
    case 'ü': return '';
    case 'û': return '–';
    case 'Ú': return 'é';
    case 'Ù': return 'ë';
    case 'Ü': return 'š';
    case 'Û': return 'ê';
    case 'ç': return '‡';
    case 'Ç': return '€';
    default: return Letra;
}
  • "O Prompt de Comandos do Windows usa uma tabela ASCII diferente da nossa, que inclusive eu não sei qual é." na verdade ASCII é igual em qq lugar. O que muda é o ASCII extended, com páginas de código que dependem da configuração do OS. Seu switch vai ter problema, pois só vai funcionar pra uma das inúmeras páginas de código existentes. – Bacco 6/03/16 às 21:21
  • Pra nós aqui, as mais comuns são a 850 e a 437, mas isso varia muito. en.wikipedia.org/wiki/Code_page_850 – Bacco 6/03/16 às 21:27
  • Outra dica: Quando usar esse tipo de conversão, não ponha o caractere digitado no editor, use o código dele, senão o código fonte fica muito amarrado ao editor em uso. E pode dar problema ao abrir o fonte em utf-8, por exemplo. PS: eu imagino que o C# já tenha algo pronto pra fazer essas conversões. – Bacco 6/03/16 às 21:39
  • Não precisa fazer essa gambiarra.. rsrs.. veja aqui: pt.stackoverflow.com/a/105648/4793 – Daniel Omine 6/03/16 às 22:04

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.