6

O que "realmente" o return faz em Python, principalmente em funções recursivas. Ex. fatorial:

def fatorial(n):
    if n==1:
        return n
    return fatorial(n-1) * n
  • Alguma das respostas resolveu o problema? Acha que pode aceitar uma delas? Veja o tour como fazer isso. Você estaria ajudando a comunidade identificando a melhor solução. Só pode aceitar uma delas, mas pode votar em qualquer coisa no site todo. – Maniero 12/08/16 às 22:33
11

Como em qualquer linguagem mainstream, o return encerra a execução da função corrente, voltando exatamente para o ponto onde ela foi chamada.

Eventualmente ela poderá devolver um valor como resultado da função, ou seja, onde a função foi chamada terá o valor de retorno usado na expressão ali construída.

Não tem nada de especial no return quando é usado em funções recursivas. O funcionamento é exatamente o mesmo. Em uma função recursiva as chamadas vão se acumulando e os retornos vão ocorrendo depois voltando sempre para o mesmo ponto, mas em estados diferentes. Obviamente em algum momento precisa parar de fazer chamadas recursivas, sob pena de ter uma recursividade infinita e estourar a pilha.

Como não é um caso especial, se houver uma quantidade grande de chamadas, e cada chamada vai mantendo seu próprio estado (valores das variáveis locais), vai enchendo a pilha da aplicação e poderá dar o tal do stack overflow.

3

Ele retorna o valor da função. No caso específico de funções recursivas, ele, além de retornar o valor (que também pode ser um valor nulo None), também irá retornar o fluxo de controle para a função de chamadora.

  • O retorno do fluxo de controle para a função chamadora acontece mesmo em funções não-recursivas. – Pablo Almeida 26/02/16 às 11:57

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.