3

No Sass temos dois casos de trecho de código reutilizável: função e o mixin.

Exemplo função:

@function border-default($color) {
    @return border: 1px solid $color:
}

Exemplo mixin:

@mixin border-default ($color) {
    border: 1px solid $color:
}

Não levando em consideração que um usa return e o outro não, qual é a diferença mais impactante entre uma function e uma mixin?

3

Apesar dos dois terem quase o mesmo propósito, eles tem um pequena diferença, onde mixin serve mais para incluir um bloco de código enquanto a function serve mais retorna um valor.

What is the real difference between mixins and functions?

Exemplo Mixin:

A seguir mixin pode aceitar argumentos e fazer cálculos. A saída deste mixin (neste caso) é uma regra CSS e será colocada onde quer que você inclue.

@mixin my-mixin($some-number) {
  padding: $some-number;
  margin: $some-number;
}

Agora vamos usar a diretiva include para inserir o código mixins.

.my-module {
  @include my-mixin(10px);
}

E aqui está o código CSS saída.

.my-module {
  padding: 10px;
}

Exemplo Function:

Uma função é muito semelhante a um mixin, no entanto, a saída a partir de uma função é um único valor. Isso pode ser qualquer tipo de dados Sass, incluindo: numbers, string, colors, booleans ou lists.

A função a seguir pode aceitar 2 argumentos, $some-number e $another-number. O valor devolvido essas duas variáveis ​​são adicionadas em conjunto.

@function my-calculation-function($some-number, $another-number){
  @return $some-number + $another-number
}

Desta vez, vamos substituir o valor comum da propriedade padding com o que um trecho de SassScript para chamar nossa função, passe-os argumentos e incluir no nosso código CSS saída.

.my-module {
  padding: my-calculation-function(10px, 5px);
}

E aqui está o código CSS saída.

.my-module {
  padding: 15px;
}

Esse link abaixo mostra mais alguns bons exemplos disso além do que citei aqui:

Using pure Sass functions to make reusable logic more useful

Repare que no próprio exemplo que citou, não é possível retornar várias propriedades como no mixins:

@function border-default($color) {
   @return border: 1px solid $color:
}


@mixin my-mixin($some-number) {
  padding: $some-number;
  margin: $some-number;
}
2

Ambos possuem quase a mesma função, assim como o @extend - apesar de ter um output um pouco mais diferenciado (mais relacionado a questões de performance e DRY eu diria).

A grosso modo falando, esta é a diferença entre básica entre ambas:

  • @mixin: Usado para retornar um bloco de código;
  • @function: Usado para retornar um valor através de @return seguindo o método SASS

O que vai diferenciar um @mixin de uma @function, é o propósito ao qual se está usando, inclusive com uso de ambas em uma mesma chamada.

Exemplo:

.minha_classe {
    @include shadow(true, #000);
}

@mixin shadow($material, $cor) {
    box-shadow: calcShadow($material, $cor);
}

@function calcShadow($material, $cor) {
    @if $material {
        @return 0 3px 6px rgba($cor, .24);
    } @else {
        @return 0 5px 10px rgba($cor, .86);
    }
}

Apesar de você poder mesclar o @mixin com o @function e criar apenas um bloco de calculo e retorno, deste modo você mantém seu código mais organizado e, se em outra ocasião, for necessário fazer o mesmo cálculo, basta chamar a função ao invés de criar um novo @mixin (ou @function) com aquela finalidade exclusivamente.


Eu, particularmente, tenho usado mais @function para gerar animações, onde determino, por exemplo, a direção e amplitude, retorno os valores e monto o código.


Complementar

Complementar ao @mixin existe o @extend que gera um output de css semelhante, porém diferente. Este sim possui um impacto em performance e uma diferença maior no uso. Caso tenha interesse, recomendo também buscar mais informação a respeito dele.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.