2

Qual a diferença de perfomance entre os três tipos de laços destacados abaixo.

List<Foo> list = new ArrayList<Foo>();

for (int i = 0; i < list.size(); i++) {
    //CODE
}

for (Foo foo : list) {
    //CODE
}

Iterator<Foo> iterator = list.iterator();
while (iterator.hasNext()) {
    //CODE
}
5

Antes de mais nada é preciso considerar que muitos testes de desempenho estão errados. Fazer um micribenchmark não é tão simples quando executar os três códigos por diversos fatores internos e externos:

  • Outros programas executando em segundo plano pode interferir diferentemente nos testes.
  • Com vários testes numa mesma execução, um pode afetar os demais. Por exemplo, o primeiro teste pode ter instanciado elementos e o Garbage Collector é executado somente no segundo teste.
  • O teste pode não refletir um contexto real de uso. No seu exemplo, você não inclui o acesso ao elemento. Como a resposta do Ricardo já mencionou, o gargalo de um laço for ou while usado para percorrer uma lista (List) pode estar no método get(), que faz verificação do índice acessado e então precisa recuperar o elemento do vetor interno. Entretanto, não posso concordar com a resposta dele, porque o Iterator também usa internamente o método get().
  • A JVM faz otimizações tanto no bytecode quanto durante a execução, podendo variar conforme a versão.
  • O resultado varia grandemente para diferentes tipos de Collections. Esta resposta no SOEN diz não haver diferenças significativas.

O seu teste é muito parecido com este benchmark. Sem o acesso aos elementos, o resultado obtido pelo autor foi:

For each loop :: 110 ms

Using collection.size() :: 37 ms

Using [int size = list.size(); int j = 0; j < size ; j++] :: 4 ms

Using [int j = list.size(); j > size ; j--] :: 1 ms

Em resumo, um laço decrementando a variável é o mais rápido neste cenário e isso provavelmente se deve ao fato de que comparar uma variável a zero é mais eficiente.

O site Mkiong também produziu um benchmark. O resultado:

Performance Test Result

Entretanto, isso foi muito questionado. Veja os comentários para ver que pessoas diferentes obtiveram resultados diferentes em diferentes plataformas e com pequenas modificações no código.

Ao considerar a quantidade de código executado, o Iterator realmente parece ser o menos eficiente. Veja o código dos métodos next() e hasNext() do Iterator usado no ArrayList, extraídos do JDK 6:

public E next() {
        checkForComodification();
    try {
    E next = get(cursor);
    lastRet = cursor++;
    return next;
    } catch (IndexOutOfBoundsException e) {
    checkForComodification();
    throw new NoSuchElementException();
    }
}

public boolean hasNext() {
        return cursor != size();
}

Note que os métodos size() e get() da lista são chamados de qualquer forma. Não existe uma mágica para recuperar o próximo elemento. Além disso, é feita uma verificação se a lista foi modificada por outro método. Ainda bem que isso é feito apenas comparando-se dois inteiros, mas a chamada ao método e a comparação acabam tendo algum impacto.

Enfim, através de uma análise estática, podemos afirmar que um laço for usando uma variável auxiliar (i) e um valor limite fixo, isto é, sem chamar size() a cada iteração é mais eficiente.

Na prática, porém, o cenário pode mudar drasticamente se o programador ficar com "preguiça" de atribuir o elemento a uma variável. Quem nunca viu algo como o exemplo abaixo?

for (int i = 0; i < list.size(); i++) {
    if (list.get(i) != null) {
        list.get(i).metodo();
    }
}

Outro fator que pode mudar muito é se não usarmos o ArrayList. O LinkedList, por exemplo, possui complexidade O(n) para encontrar um elemento qualquer, pois ele precisa percorrer os elementos um a um até encontrar o elemento desejado.

E pensando ainda na qualidade de um software como um todo e não apenas na perspectiva do desempenho, laços for..each tem a grande vantagem de serem mais "limpos" (menos digitação, mais fácil entendimento) e menos propenso a erros (estouro de limite, iniciar contador em 1 ao invés de zero e assim por diante).

Outra observação importante, pensando na questão de desempenho, é que os maiores gargalos estão no acesso aleatório aos dados e na própria definição da estrutura de dados. Embora alguns considerem exagero a preocupação com esses detalhes, a verdade é que faz muita diferença escolher as estruturas adequadas para armazenar os dados. O conceito de que memória e CPU são "baratos" cai por terra assim que começamos a lidar com mais do que alguns milhares de registros, por exemplo. A escolha dos comandos para percorrer a estrutura definida vem como consequência das decisões já tomadas.

A conclusão é que não existe um laço definitivamente mais eficiente para todos os casos. A ênfase mais importante está em definir uma estrutura de dados adequados para cada caso, considerando o consumo de memória e a complexidade de acesso a um elemento específico daquela estrutura.

2

Usar o Iterator e o "foreach" não vai causar nenhum problema de performance, já que eles possuem velocidades parecidas ao percorrer collections. O mesmo não pode-se dizer para o for normal. O problema está no acesso via índice get(i) pelo for que degrada a velocidade do loop.

No SO em inglês tem uma boa e completa resposta sobre isso. Além disso, os diferentes tipos de implementações da List e seus respectivos usos podem causar melhora (ou piora) de performance, como é o caso de ArrayList ou LinkedList.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.