3

Porquê isso,

if (typeof($("div#elementoquenãoexiste")) !== "undefined") { console.log("existe");  }

retorna "existe" nos logs? Não deveria retornar undefined, levando em consideração que o elemento que o seletor indica não existe?

Ou será que, por estar envolvido numa função do jQuery ($()) ele venha a ser definido já que possui funções/propriedades atrelhadas a ele, mesmo que o seletor aponte para um elemento que não existe na DOM. Estou certo?

Preciso de uma noção correta do que está acontecendo neste caso, obrigado!

  • 2
    Acho que queres fazer if ($("div#elementoquenãoexiste").length) { console.log("existe"); } – Sergio 31/01/16 às 13:37
14

O que queres usar é a propriedade .length que indica o numero de elementos no objecto jQuery.

if ($("div#elementoquenãoexiste").length) { console.log("existe"); }

O jQuery retorna sempre um objecto. Seja um seletor, uma array, etc, ele retorna sempre um objeto. Quando usas

if (typeof($("div#elementoquenãoexiste")) !== "undefined") { console.log("existe");  }

estás a verificar se typeof {} !== "undefined" o que dá sempre verdadeiro.

Dá uma olhada na consola deste exemplo: https://jsfiddle.net/dnkgqycg/

O que vais ver é:

console.log($()); // []
console.log($(false)); // []
console.log($(0)); // []
console.log($([1, 2, 3])); // [1, 2, 3] 
console.log($('#eunaoexisto')); // objeto jQuery
console.log($('#eunaoexisto').length); // 0 <---- este é o unico com valor Booleano FALSE
console.log($('#euexisto')); // objeto jQuery 
console.log($('#euexisto').length); // 1

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.