21

Vejo muitas pessoas usando \s nas regex achando que seu significado é ' ' (espaço) pois lhes digo, não é, ao menos não só isso.

Mas então o que significa o \s em REGEX?

17

O \s abrange muito mais que o ' ' (espaço).

\s = [ \t\n\r\f\v]
  • ' ' (espaço)
  • \t TAB
  • \n new line (quebra de linha)
  • \r retono de carro (volta o cursos para o inicio da linha)
  • \f avanço de pagina
  • \v vertical TAB - (usado em configuraçoes de impressora)
2

A lista de caracteres que o atalho \s considera pode variar de uma linguagem/API/ferramenta/engine para outra, e até mesmo de acordo com as configurações disponíveis em cada uma.

De modo geral, o \s sempre considera os seguintes caracteres:

O vertical tab (\v) (ou "LINE TABULATION") também é considerado em várias linguagens, como Java, JavaScript, Ruby e Python.

Mas em PHP, por exemplo, o \s não considera o vertical tab. Segundo a documentação:

\s any whitespace character

The "whitespace" characters are HT (9), LF (10), FF (12), CR (13), and space (32)

Ou seja, só inclui o HT (horizontal tab), LF (line feed), FF (form feed), CR (carriage return) e o espaço.

E em Perl, o vertical tab só foi adicionado na versão 5.18, conforme indicado na documentação:

\s means the five characters [ \f\n\r\t], and starting in Perl v5.18, the vertical tab;

Enfim, em cada linguagem, API ou ferramenta/engine, esta lista pode variar (o Google Docs, por exemplo, usa a engine RE2, que não considera o vertibal tab), então sempre consulte a documentação para ter certeza.


Unicode

Além disso, muitas linguagens possuem configurações que ativam o "modo Unicode", o que faz com que o \s corresponda a muitos outros caracteres além dos já citados.

Por exemplo, em Java, se a regex estiver com a opção UNICODE_CHARACTER_CLASS, o \s corresponde a todos os caracteres que possuem a propriedade Unicode White_Space (a lista pode ser consultada diretamente aqui). Então este código:

Matcher matcher = Pattern.compile("\\s", Pattern.UNICODE_CHARACTER_CLASS).matcher("");
// loop por todos os code points do Unicode
for (int i = 0; i <= Character.MAX_CODE_POINT; i++) {
    String s = new String(new int[] { i }, 0, 1);
    matcher.reset(s);
    if (matcher.find()) {
        // se corresponde a \s, imprime o codepoint e o nome do caractere
        System.out.printf("%06X, %s\n", i, Character.getName(i));
    }
}

Gera a seguinte saída:

000009, CHARACTER TABULATION
00000A, LINE FEED (LF)
00000B, LINE TABULATION
00000C, FORM FEED (FF)
00000D, CARRIAGE RETURN (CR)
000020, SPACE
000085, NEXT LINE (NEL)
0000A0, NO-BREAK SPACE
001680, OGHAM SPACE MARK
002000, EN QUAD
002001, EM QUAD
002002, EN SPACE
002003, EM SPACE
002004, THREE-PER-EM SPACE
002005, FOUR-PER-EM SPACE
002006, SIX-PER-EM SPACE
002007, FIGURE SPACE
002008, PUNCTUATION SPACE
002009, THIN SPACE
00200A, HAIR SPACE
002028, LINE SEPARATOR
002029, PARAGRAPH SEPARATOR
00202F, NARROW NO-BREAK SPACE
00205F, MEDIUM MATHEMATICAL SPACE
003000, IDEOGRAPHIC SPACE

Veja aqui este código rodando.

Agora, se retirarmos a opção UNICODE_CHARACTER_CLASS, o default é considerar somente os 6 caracteres já citados ([ \t\n\r\f\v]):

Matcher matcher = Pattern.compile("\\s").matcher("");
... restante do código igual

A saída passa a ser:

000009, CHARACTER TABULATION
00000A, LINE FEED (LF)
00000B, LINE TABULATION
00000C, FORM FEED (FF)
00000D, CARRIAGE RETURN (CR)
000020, SPACE

Veja aqui este código rodando.


Em Python também existe algo similar, porém em Python 3 o comportamento é o oposto do Java. Por default, a regex já está em "modo Unicode" e o atalho \s considera todos os Unicode whitespace characters. Fazendo um código similar ao exemplo anterior:

import unicodedata as u
import re

r = re.compile(r'\s')
for i in range(0x10ffff):
    s = chr(i)
    if r.search(s):
        print('{:02X} {}'.format(i, u.name(s[0], '')))

Por default, esta regex está em "modo Unicode". A saída é:

09 
0A 
0B 
0C 
0D 
1C 
1D 
1E 
1F 
20 SPACE
85 
A0 NO-BREAK SPACE
1680 OGHAM SPACE MARK
2000 EN QUAD
2001 EM QUAD
2002 EN SPACE
2003 EM SPACE
2004 THREE-PER-EM SPACE
2005 FOUR-PER-EM SPACE
2006 SIX-PER-EM SPACE
2007 FIGURE SPACE
2008 PUNCTUATION SPACE
2009 THIN SPACE
200A HAIR SPACE
2028 LINE SEPARATOR
2029 PARAGRAPH SEPARATOR
202F NARROW NO-BREAK SPACE
205F MEDIUM MATHEMATICAL SPACE
3000 IDEOGRAPHIC SPACE

Veja aqui este código rodando.

Já se usarmos a flag ASCII, o \s passa a considerar apenas os caracteres [ \t\n\r\f\v]:

r = re.compile(r'\s', re.ASCII)
... restante do código igual

Saída:

09 
0A 
0B 
0C 
0D 
20 SPACE

Veja aqui este código rodando.

Obs: no Python 2 o comportamento é o mesmo do Java. Por default, o \s equivale apenas aos caracteres [ \f\n\r\v\t] (veja), e o "modo Unicode" é habilitado usando-se a flag UNICODE (veja).


Outro detalhe é que o Python retornou 4 caracteres a mais que o Java (1C, 1D, 1E e 1F). Talvez seja por causa da versão do Unicode que cada um usa internamente (testei com Java 8, que usa o Unicode 6.2.0), ou devido a algum detalhe interno de implementação de cada linguagem, que leva ou não em conta outros fatores, além da propriedade White_Space. De qualquer forma, isso serve para confirmar que o comportamento do atalho \s de fato varia de acordo com a linguagem utilizada.

E até mesmo bibliotecas diferentes da mesma linguagem podem ter comportamentos diferentes. Por exemplo, se eu mudar o código acima para usar o módulo regex (um excelente módulo que estende as funcionalidades do módulo re), a lista de caracteres retornada é a mesma do código Java.


Considerações finais

Outras linguagens e ferramentas podem ou não ter suporte ao "modo Unicode" (que por sua vez pode ou não ser o modo default), e podem ou não disponibilizar uma opção para habilitá-lo ou desabilitá-lo (outras ainda podem ter suporte às propriedades Unicode, como por exemplo \p{IsWhite_Space} para procurar todos os Unicode whitespace characters, que pode ou não ser equivalente a \s). Por isso, sempre vale a pena ler a documentação para se certificar quanto à lista de caracteres que o \s considera (como um adendo, o mesmo vale para outros atalhos, como \d, \w, \b, etc, pois seus comportamentos também podem variar e eles podem ser afetados - ou não - de acordo com a linguagem/engine e seus modos de configuração).

Claro que, se você está trabalhando com entradas controladas e "sabe" muito bem quais os caracteres que o texto possui e quais ele não possui, pode ser que não faça muita diferença usar \s no modo Unicode ou não, ou usar um espaço simples na regex. Mas é importante saber as implicações de usá-lo, pois há casos em que você pode ter resultados diferentes (por exemplo, se você só quer considerar os espaços, mas não as quebras de linha, aí faz diferença usá-lo).

Por fim, algumas linguagens suportam outros atalhos similares, como as POSIX character classes. Por exemplo, em Java é possível usar \p{Blank}, e em PHP é possível usar [:blank:], e ambos correspondem a [ \t] (um espaço ou TAB) - embora em Java este também mude quando está no "modo Unicode". Dependendo do caso, pode ser melhor do que usar \s (por exemplo, se eu quero ignorar as quebras de linha).

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.