31

Contexto

Quando faço um SQL e desejo por um alias especifico devo por entre aspas duplas ".

SELECT A.ds_nome_pessoa AS "Pessoa.nome" ...

Quando quero fazer um where in de um campo varchar os valores devem estar em aspa simples '.

WHERE A.ds_nome_pessoa IN (
    'Jose',
    'Maria',
    'Joao'
)

Pergunta

Qual a diferença entre aspa simples ' e aspa dupla " no SQL?

Adendo

Se eu fizer um SELECT de SELECT - SUBQUERY - de campos que tem alias em ", o meu SELECT mais externo também deve ter ".

SELECT "Pessoa.nome" FROM
(
SELECT A.ds_nome_pessoa AS "Pessoa.nome" ...
)
  • 1
    Veja se pode te dá uma ajuda. Mais de qualquer forma grande pergunta.stackoverflow.com/questions/1992314/…. – Marconi 25/01/16 às 11:33
  • Pelo menos no postgres um nome de identificar com letras maiusculas precisa de aspas duplas ... :P nesse caso é só dar o alias em caixa baixa. – rray 25/01/16 às 12:14
  • Falando do PHP, se usa aspas duplas quando no meio da expressão há uma variável, $var. Quando não tem usa aspas simples. Se você fizer: $var = 5; echo '$var';, não vai mostrar 5 e sim $var. Se fizer echo "$var"; mostrará o valor da variável. – Diego Souza 26/01/16 às 10:55
22
+100

Em SQL padrão só apóstrofes (aspas simples) são reconhecidos como delimitador de literais strings ou algum outro tipo de dado (acredito que para outros tipos seja específico e não padrão). Fornecedores específicos admitem o uso das aspas duplas para a mesma função, mas isso pode variar, alguns exigem configuração. Exemplos que admitem o uso são MySQL, SQL Server e Oracle.

Alguns bancos de dados usam uma delas ou ambas para criar um alias de coluna, aí não precisa usar o AS. Mas é específico e não padrão. Melhor usar o padrão que é não ambíguo. O padrão determina que o alias seja com aspas duplas, ou sem elas. Todos os principais bancos aceitam o padrão, mesmo que precise configurar isso.

Todos os bancos SQL mainstream usam as aspas (duplas) para delimitar o nome de um identificador (nome de tabela, coluna, alias, etc.), alguns permitem configurar como vai usar. Alguns usam o backtick (crase) para fazer isso. Outros usam os colchetes [] (SQL Server). O delimitador pode ser necessário quando há espaço no identificador ou usa uma palavra reservada. Pode variar de acordo com o fornecedor.

Configuração do MySQL:

SET GLOBAL SQL_MODE=ANSI_QUOTES

Configuração do SQL Server:

SET QUOTED_IDENTIFIER ON

Há casos, como o PostgreSQL, em que o uso das aspas duplas faz com que o nome do identificador considere a sensibilidade de caixa, o que não é normal do SQL. É bom ter certeza do que está fazendo e se é isso que deseja. O uso das aspas duplas são necessárias, junto com &U para escrever caracteres Unicode, mas é melhor evitar o seu uso.

Lembre-se que o uso de delimitadores quase nunca são necessários para identificadores. Se a pessoa quiser eles nunca são necessários. Pra mim os delimitadores só deveriam ser usados em literais. E se precisar usar no identificador mesmo, que seja uma exceção extrema.

Tem que consultar a documentação específica de cada fornecedor ou fazer perguntas específicas aqui.

Não encontrei nada em documentação que faça os elementos literais string do operador IN serem escritos de uma forma ou outra, eu conto com a documentação e ela diz que o ANSI deve usar aspas simples.

Opção

Um outro motivo para usar aspas simples no SQL é que é normal a consulta ser montada dentro de outra linguagem por strings que provavelmente estará delimitada pelas duplas, então é melhor evitar confusão. Se a linguagem usada costuma delimitar strings com a simples, então é melhor usar a dupla no SQL.

Escolha uma forma de uso e fique com ela, não fique trocando sem motivos. Só o faça se tiver um bom motivo para fazer exceção. Faça se houver motivos que atrapalhem o SQL do fornecedor que estiver usando ou a linguagem hospedeira da montagem da consulta.

Note que o padrão do SQL são as aspas simples. E o padrão de todas as linguagens mainstream que eu conheço são as aspas duplas, ainda que possa, e alguns prefiram, usar as simples nessas linguagens. Eu particularmente adoto esse padrão porque ele funciona bem em mais de 99% dos casos. O padrão contrário funciona bem em bem menos casos, dependendo do banco de dados, algo até próximo de 99%, mas há casos que praticamente não funciona. Vai que um dia precise adaptar o código para outro banco...

A conclusão é que é melhor só usar aspas duplas onde realmente é absolutamente obrigado. Se eu encontrasse alguma situação onde fosse obrigado - acho que nunca encontrei - eu tentaria achar uma solução diferente. Não sei se todos concordam.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.