1

No python existe o kwargs, que facilita muito as coisas, quando preciso de nomear parâmetros. definir quais são os atributos de um elemento que criarei com essa função Tenho uma função onde o segundo parâmetro eu utilizo um kwargs. Porém, quando passo a palavra chave class por parâmetro um erro é gerado.

Exemplo:

create_element_tag('tag', 'class'='x')]

Saída:

keyword can't be an expression

Exemplo:

create_element_tag('tag', class='x')

Saída:

SyntaxError: invalid syntax

Mas realmente preciso de um atributo cuja o índice contenha esse nome.

Como eu poderia resolver esse problema no python?

  • Olá, Você não pode passar palavras chaves da linguagem como diz a documentação. É preciso mudar de abordagem. – Luan Oliveira 15/01/16 às 17:30
2

Não é possivel entender direito o que você está chamando de "kwargs" - mas sim, em Python é possível especificar argumentos opcionais em uma função e selecionar os argumentos por palavra chave - isso é o que chamamos "keyword Arguments":

def conectar(host, porta=80, timeout=None):
    # [corpo da função]

conectar("http://...", timeout=10)

No exemplo acima, usa-se o valor padrão da porta (80) que está na definição da função, e envia-se como segundo parâemtro o valor de timeout - especificando-se esse "keyword argument" na chamada da função. - Pelo que entendi isso é o que você está chamando de "kwargs".

Em nenhum ponto, em Python, você pode escrever uma palavra chave que seja um "statement" como nome de variável - nem como nome de parâmetros.Então, você não pode ter argumentos com o nome de def, for, while ou class. Isso é um erro de sintaxe. Ex.:

def funcao(while=1):
   pass

class é a palavra chave usada para se definir classes - portanto é reservada. Alguns dos nomes embutidos (built-in) do Python podem ser redefinidos, e usados como nome de variáveis a vontade - eles em geral denotam classes ou funções, que por mais uso que tenham, não tem um tratamento especial da linguagem: list, id, type, etc...

Agora - Python tem sim um mecânismo que permite que os parâmetros para uma função sejam passados como dados, e não fixados por extenso no código: prefixando o nome de um parâmetro com dois asteriscos na definição de uma função, faz com que quaisquer parâmetros desconhecidos sejam recebidos dentro de um dicionário, que é atribuido àquele parâmetro. Em geral, o nome desse dicionário é kwargs ou kw - mas isso é apenas uma convenção.

In [1]: def ve_parametros(**kw):
   ...:     print(kw)
   ...:     

In [2]: ve_parametros(a=5, b=6)
{'b': 6, 'a': 5}

Observe acima que os parâmetros "a" e "b" usados na chamada da função se tornam chaves do dicionário "kw" - que podem ser tratadas como strings comuns, dentro da função.

Só isso ainda não permite que se use palavras chaves na chamada a função -

In [3]: ve_parametros(class=5)                                                                                                                                                    
  File "<ipython-input-3-62829ca1a227>", line 1                                                                                                                                   
    ve_parametros(class=5)                                                                                                                                                        
                      ^                                                                                                                                                           
SyntaxError: invalid syntax     

No entanto, há o mecanismo análogo - se você, na chamada de uma função, prefixar um dicionário com dois asteriscos, as chaves e valores do dicionário serão usados como keyword argumetns dentro daquela função:

In [4]: def recebe_parametros(a, b, c):
   ...:     print ("a: {}, b: {}, c: {}".format(a, b, c))
   ...:                                                                                                                                                                           

In [5]: params = {"c": 3, "b": 2, "a": 1}

In [6]: recebe_parametros(**params)                                                                                                                                               
a: 1, b: 2, c: 3  

Então se você usar os ** tanto para criar os parâmetros da sua função, quanto para recebe-los, pode ter parâmetros com o nome de palavras chave - que serão tratados exclusivamente como strings (mas nunca poderão estar fixas no código):

In [8]: def reserved_params(**kw):
...:     if "class" in kw:
...:         print("Recebi o parâmetro 'class': {}".format(kw["class"]))
...:         

In [9]: reserved_params(**{"class": "parametro proibido"})
Recebi o parâmetro 'class': parametro proibido

Se você precisa do nome class por que sua função, por exemplo, está dando saída para um trecho de html,e a função já aceita parâmetros variáveis, essa solução deve ser o suficiente - apenas use a palvra "class" como chave de um dicionário na chamada à mesma. Caso seja uma biblioteca popular que monte html desta forma, o mais provável no entanto é que ela aceite algum nome parecido com "class" que seja convertido automaticamente para class na saída da função - nomes como klass, class_ ou cls costumam ser usados. Recomendo que consulte a documentação do gerador de html que, me parece, você está usando.

E por fim, esse meio de passar palavras chave não é a melhor solução: for ao caso em que parâmetros automáticos sejam usados, em geral não se deve tentar usar palavras chave como nome de variáveis: os recursos de passagem e recepção de parâmetros dinâmicamente por dicionário se prestam a uma miríade de outras coisas - e, como Python não é muito de exceções, é possível fazer isso. Por que se o nome do parâmetro é passado como uma string em um dicionário e consumido como uma string dentro da função, a linguagem não tem motivos para trata-lo como um nome de variável em um estágio intermediario , e dessa forma lançar um erro de sintaxe: pode-se usar palavras chave como nos exemplos acima, apesar desse não ser o propósito dos parâmetros variáveis.

  • Pode especificar o que quer dizer com "especícar"? :) – ramaral 16/01/16 às 14:18
  • "Especificar" - foi um erro de digitação "grande" (comi uma sílaba e inventei uma cento) – jsbueno 16/01/16 às 15:13
  • 1
    Não quis ser eu a editar. Como isto aqui está um pouco monótono foi uma forma de promover alguma iteração. Aproveito para felicitá-lo pela resposta. Apagarei os meus comentários se você achar por bem apagar o seu. – ramaral 16/01/16 às 15:36
  • Nem -deixa aí! :-) – jsbueno 16/01/16 às 22:31

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.