17

Já houve casos onde eu precisei fazer uso de métodos que lançavam exceção caso algum erro ocorresse, porém a exceção iria parar a execução do script, o que seria algo indesejado.

Por exemplo, tenho um sistema onde, quando o aluno cadastra a solicitação, é enviado um e-mail. A função que envia o e-mail lança a exceção. Porém, como a exceção pararia o cadastro, eu preferi usar um catch vazio. Não era tão importante enviar o e-mail quanto que a solicitação fosse cadastrada.

Então, fiz algo parecido com isso:

try {

    Mail::create('email.aluno')->send($callback);

} catch (\Exception $e) {
    // Se não enviar o e-mail por conta de um erro
    // continue o script
    // Não vamos interromper esse momento tão importante
}

$usuario->fill($dados)->save();

Alguém poderia dizer: é só tirar a exceção de onde ela é lançada. Eu não faço isso, pois alterar o código fonte de terceiro não é uma boa ideia, pois quando fosse atualizar o sistema, teria que editar de novo, e de novo e de novo...

É uma prática ruim utilizar um catch vazio para nada acontecer quando ocorre a exceção?

Isso seria um anti-padrão?

Existe um nome específico para esse tipo de operação?

Existe riscos em fazer tal operação?

  • 4
    feio pra caramba.....vc pode resolver isso com um if em vez de usar o try. e um sistema que nao trata excecoes, já é algo ruim, catch vazio entao... – RBoschini 12/01/16 às 15:30
  • 7
    Eu acho complicada a pergunta sem especificar a linguagem. Por exemplo, em Java, grosseiramente falando, tudo é exceção. Em PHP, quase (praticamente) tudo se resolve sem usar exceção. E, como o nome diz, exceção deveria ser tratado como exceção (mas em Java, faça uma exceção ao que eu disse). :) – Bacco 12/01/16 às 15:33
  • 2
    Podemos encarar isso também de maneira inversa. Se você sente como se o catch vazio fosse satisfatório, talvez a exceção específica a ser discutida não deveria nem estar sendo lançada. Não tratar a exceção pode ser um mal sinal de você não entender a exceção ou pode ser um mal sinal de uma exceção errônea sendo lançada. Acho difícil um catch vazio sendo aceitável. – Marco Aurélio Deleu 12/01/16 às 15:46
  • 3
    Eu diria que é uma péssima prática. – LINQ 12/01/16 às 15:52
  • 3
    Se tu ta fazendo um try{}catch(){}, porque tu não trata? ou ao menos gera um log, para correção futura. – Guilherme Lautert 12/01/16 às 15:53
20

É. Péssimo :)

Primeiro precisaria ver se aquilo realmente é necessário lançar a exceção. Vejo muitos casos onde a exceção não é o mais adequado (ver mais aqui e aqui).

Talvez seja um caso de exceção vexatória/ruidosa (ver o link aí em cima). Talvez seja uma exceção estrangeira, o que aí seria normal.

Se está tudo normal com o lançamento então tem que perguntar-se porque não fazer nada. Esta é a ação esperada? Não vai avisar, não vai logar, não vai tomar um rumo diferente, escolher uma alternativa, nada assim? Vai fazer de conta que nada aconteceu?

Se considerou tudo isto e tem certeza que fazer nada é o certo então está tudo ok. Como tudo, regras fixas valem nada, tem que fazer o que é certo naquele caso.

É difícil dizer que exista um caso onde engolir a exceção sem fazer nada seja o certo, mas pode existir. Quando isso é normal talvez a exceção seja o mecanismo errado. O nome exceção não é assim por acaso, deve ser algo excepcional, não normal. Eu já vi gente defendendo que exceção não deve ser usada para situações excepcionais, bota camisa de força em uma pessoa dessas.

Esse caso parece estranho que possa ser ignorado. "Não era tão importante enviar o e-mail quanto que a solicitação fosse cadastrada", jura? Então não mande-o.

Pode ser chamado de anti-padrão, mas eles estão aí para serem usados também. Isto se chama exception swallowing ou error hiding.

Tem o risco de estar fazendo algo errado :P Se for o correto para essa situação não há problema. Tenha certeza que em nenhum momento o fato da falha não ter um tratamento não vai causar um outro problema.

Tem um problema neste caso específico, está capturando Exception. Isso é muito errado, porque ele engolirá exceções que precisam ser tratadas, que podem até serem erros de programação (trapalhada), aí é grave. Se é para engoli-la é mais importante ainda que capture uma bem específica.

E se a exceção lançada não for tão específica assim? Ache outro fornecedor. Esse não presta :P

  • Com "exceção" do meu caso que ignora a exceção. Foi uma piada :D – Wallace Maxters 12/01/16 às 15:48
  • acho que a resp do bigown pode ser considerada a correta, na minha opinião!!! – RBoschini 12/01/16 às 16:39

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.