3

Boas! Comecei a estudar à pouco assembly para o MIPS. Alguém consegue-me explicar como funciona esta linha de código, ld r4,A(r0), onde o r0 tem o mesmo significado de $zero?

.data

A:  .word 10
B:  .word 8
C:  .word 0

.text
main:
        ld r4,A(r0)
        ld r5,B(r0)
        dadd r3, r4, r5
        sd r3,C(r0)
        halt
3

Pelo tipo de instruções utilizadas (ld e dadd), acredito que isto é MIPS-64 (fonte que diz que o dadd está presente no MIPS-64).

Não tenho experiência com o MIPS-64 e trabalhei pouco com o Assembly MIPS-32, mas isto é a minha leitura do código:

ld é load (de 64 bits) e dadd é signed add (de 64 bits).

Este código começa por declarar três variáveis: A, B e C com os valores iniciais 10, 8 e 0. Essas variáveis são declaradas com o tamanho de uma word. Não tenho a certeza se isso são 32 ou 64 bits, mas o código que se segue só faz sentido se forem de 64 bits.

Leituras do registo $zero (r0) dão o valor 0 e escritas neste registo são ignoradas. ld X, Y(Z) carrega no registo X o valor na posição Y + Z (isto dá jeito quando se estão a fazer acessos a índices constantes de arrays). Visto que Z é zero, carrega a posição diretamente.

O que isto faz é:

  1. Carregar a variável global A no registo r4.
  2. Carregar a variável global B no registo r5.
  3. Somar as duas variáveis e guardar o resultado em r3.
  4. Guardar o valor em r3 na variável global C.
  5. Parar a execução.

Ou seja, C = A + B. Portanto, C acaba com o valor 18.

O código C equivalente é:

#include <stdint.h>

int64_t A, B, C;

int main()
{
    C = A + B;
    // Ou o seguinte, que é equivalente:
    // (&C)[0] = (&A)[0] + (&B)[0];

    halt(); // Talvez implementado como for (;;) {}
            // Embora imagino que o halt seja mais eficiente
}

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy