6

Estou com esse seguinte cenário: - fazer uma multiplicação de 2 valores que serão arredondados para 2 casas para a tabela que vai ser inserido o seu resultado.

Segue o exemplo:

CREATE TABLE #TMP (
    A DECIMAL(23,6),
    B DECIMAL(28,2)
)
INSERT INTO #TMP VALUES (0.002071, 84.50)
INSERT INTO #TMP VALUES (0.011500, 50.00)

SELECT *, 
    A * CAST(B AS FLOAT) res_cast,
    ROUND(A * CAST(B AS FLOAT),2) res_cast_round,
    A * B res,
    ROUND(A * B,2) res_round
FROM #TMP
DROP TABLE #TMP

Os resultados no SQL Server 2012 são: Resultado

inserir a descrição da imagem aqui

Como podemos ver, fazendo cast no segundo valor para a multiplicação para a primeira conta 0.002071 * 84.50 = 0.1749995, o resultado e arredondamento nesse caso está OK, resultando em 0.17. Mas na segunda conta 0.011500 * 50.00 = 0.575, o arredondamento está errado, resultando em 0.57.

Então, para resolver o problema da segunda conta basta simplesmente tirar o cast no segundo valor: 0.011500 * 50.00 = 0.575000, o arredondamento está OK, resultando em 0.58. Mas na primeira conta 0.002071 * 84.50 = 0.175000 já sai com o resultado errado e quando arredondamos o valor 0.18 está OK.

Alguma ideia do que seja?

  • Tente assim ROUND( CAST(A AS DECIMAL(10,2) * CAST(B AS DECIMAL(10,2), 2) – Marcos Regis 5/01/16 às 20:12
  • @MarcosRegis se eu fizer um cast no valor de A para 2 casas decimais estarei ignorando valor. – revton 5/01/16 às 20:14
5

Problema específico

Como os dados estão sendo armazenados como DECIMAL eu entendo que estes são valores monetários ou outro tipo de número que exige exatidão. Então a conta certa está sendo feita com as duas últimas operações. Ou seja, está multiplicando dois números decimais exatos e depois fazendo o mesmo arredondando para 2 casas. Ele arredonda para cima porque este é o comportamento padrão do arredondamento no SQL Server. É possível usar outros critérios. O padrão vai pra cima em números positivos a partir de 5 na casa que deve arredondar. Veja o artigo na Wikipedia para saber mais sobre arredondamento (em português sem detalhes).

O critério de arredondamento precisa fazer parte da regra de negócio. E depois desta regra ser bem definida, tem que adequar o código para atendê-la, baseando-se no funcionamento do mecanismo da linguagem que está sendo usada.

Parece estar tudo correto. Como um deles tem 6 casas decimais, e o outro tem 2 casas, o resultado ficou com 3 casas, então houve um arredondamento implícito de 0.1749995 para 0.175. Aí o arredondamento explícito arredondou para 0.18. Ou seja, parece tudo certo.

Consegui uma gambiarra:

SELECT *, 
    A * CAST(B AS FLOAT) res_cast,
    ROUND(A * CAST(B AS FLOAT), 2) res_cast_round,
    CAST(A as DECIMAL(10, 6)) * CAST(B as DECIMAL(10, 6)) res,
    ROUND(CAST(A as DECIMAL(10, 6)) * CAST(B as DECIMAL(10, 6)), 2) res_round
FROM TMP

Veja funcionando no SQLFiddle.

Não pode usar FLOAT

As duas primeiras operações estão erradas por transformar um valor exato em valor aproximado, afinal FLOAT é um tipo de dado numérico com parte decimal representada em binário e é impossível representar todos os valores em binário. Este tipo faz contas mais rápidas no processador, mas não consegue ser exato. Para alguns tipos de cálculos a velocidade é mais importante que a exatidão, então ter um número aproximado pode ser considerado correto.

A maioria dos programadores não sabem disto mas é uma das coisas mais importantes que precisam saber. E muitos, mesmo depois de aprender isto, acham que este "pequeno errinho" não importa.

Falo muito sobre isso em outras perguntas:

É bom saber tudo isso para não tentar soluções com o tipo errado.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.