7

Estou com esse seguinte cenário: - fazer uma multiplicação de 2 valores que serão arredondados para 2 casas para a tabela que vai ser inserido o seu resultado.

Segue o exemplo:

CREATE TABLE #TMP (
    A DECIMAL(23,6),
    B DECIMAL(28,2)
)
INSERT INTO #TMP VALUES (0.002071, 84.50)
INSERT INTO #TMP VALUES (0.011500, 50.00)

SELECT *, 
    A * CAST(B AS FLOAT) res_cast,
    ROUND(A * CAST(B AS FLOAT),2) res_cast_round,
    A * B res,
    ROUND(A * B,2) res_round
FROM #TMP
DROP TABLE #TMP

Os resultados no SQL Server 2012 são: Resultado

inserir a descrição da imagem aqui

Como podemos ver, fazendo cast no segundo valor para a multiplicação para a primeira conta 0.002071 * 84.50 = 0.1749995, o resultado e arredondamento nesse caso está OK, resultando em 0.17. Mas na segunda conta 0.011500 * 50.00 = 0.575, o arredondamento está errado, resultando em 0.57.

Então, para resolver o problema da segunda conta basta simplesmente tirar o cast no segundo valor: 0.011500 * 50.00 = 0.575000, o arredondamento está OK, resultando em 0.58. Mas na primeira conta 0.002071 * 84.50 = 0.175000 já sai com o resultado errado e quando arredondamos o valor 0.18 está OK.

Alguma ideia do que seja?

  • Tente assim ROUND( CAST(A AS DECIMAL(10,2) * CAST(B AS DECIMAL(10,2), 2) – Marcos Regis 5/01/16 às 20:12
  • @MarcosRegis se eu fizer um cast no valor de A para 2 casas decimais estarei ignorando valor. – revton 5/01/16 às 20:14
5

Problema específico

Como os dados estão sendo armazenados como DECIMAL eu entendo que estes são valores monetários ou outro tipo de número que exige exatidão. Então a conta certa está sendo feita com as duas últimas operações. Ou seja, está multiplicando dois números decimais exatos e depois fazendo o mesmo arredondando para 2 casas. Ele arredonda para cima porque este é o comportamento padrão do arredondamento no SQL Server. É possível usar outros critérios. O padrão vai pra cima em números positivos a partir de 5 na casa que deve arredondar. Veja o artigo na Wikipedia para saber mais sobre arredondamento (em português sem detalhes).

O critério de arredondamento precisa fazer parte da regra de negócio. E depois desta regra ser bem definida, tem que adequar o código para atendê-la, baseando-se no funcionamento do mecanismo da linguagem que está sendo usada.

Parece estar tudo correto. Como um deles tem 6 casas decimais, e o outro tem 2 casas, o resultado ficou com 3 casas, então houve um arredondamento implícito de 0.1749995 para 0.175. Aí o arredondamento explícito arredondou para 0.18. Ou seja, parece tudo certo.

Consegui uma gambiarra:

SELECT *, 
    A * CAST(B AS FLOAT) res_cast,
    ROUND(A * CAST(B AS FLOAT), 2) res_cast_round,
    CAST(A as DECIMAL(10, 6)) * CAST(B as DECIMAL(10, 6)) res,
    ROUND(CAST(A as DECIMAL(10, 6)) * CAST(B as DECIMAL(10, 6)), 2) res_round
FROM TMP

Veja funcionando no SQLFiddle (se estiver vivo). Também coloquei no GitHub para referência futura.

Não pode usar FLOAT

As duas primeiras operações estão erradas por transformar um valor exato em valor aproximado, afinal FLOAT é um tipo de dado numérico com parte decimal representada em binário e é impossível representar todos os valores em binário. Este tipo faz contas mais rápidas no processador, mas não consegue ser exato. Para alguns tipos de cálculos a velocidade é mais importante que a exatidão, então ter um número aproximado pode ser considerado correto.

A maioria dos programadores não sabem disto mas é uma das coisas mais importantes que precisam saber. E muitos, mesmo depois de aprender isto, acham que este "pequeno errinho" não importa.

Falo muito sobre isso em outras perguntas:

É bom saber tudo isso para não tentar soluções com o tipo errado.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.