2

A pergunta parece ser simples e ingênua, mas nunca precisei usar isso, eu possuo uma String e dentro dela quero colocar parametros para que sejam preenchidos posteriormente, como em php

$string = "o meu nome é $nome";

ou como em c, mas em c é para mostrar na tela, no caso eu quero trabalhar com a String. printf("meu nome é %s", nome);

Em java ja trabalhei com algo parecido mas quando se trabalha com conexão com o banco de dados usando PreparedStatement.

O meu problema real é:
eu possuo uma String nesse formato
https://{paíz}.dominio.com.{paíz}/api/page
A primeiro momento o mais óbvio é fazer concatenações, mas como existem várias strings nesse formato, quando ouver futuras manutenções acredito que ficara um tanto mais trabalhoso.

2
  • Eu sei, mas alguma função deve retornar uma nova string. Preciso de algo parecido com os PreparedStatement que parametriza a String SQL – Skywalker 2/01/16 às 21:45
  • Eu estou ciente que String são imutáveis. Eu quero parametrizar uma String. – Skywalker 2/01/16 às 21:51

2 Respostas 2

3

As únicas soluções que vejo é usar uma class externa como Formatter ou simplesmente usar a função static format da class String. Aqui fica um simples exemplo:

import java.util.Formatter;

public class Test {
    public static void main(String[] args) {
        Formatter f = new Formatter();
        f.format("My name is %s%n", "James");

        String firstName = f.toString();
        String lastName = String.format("My last name is %s%n", "Bond");

        System.out.println(firstName);
        System.out.println(lastName);

        f.close();
    }
}
1
5

StrSubstitutor

Outra opção adequada para substituições simples de variáveis é o StrSubstitutor do Apache Commons.

Exemplo:

Map valuesMap = HashMap();
valuesMap.put("animal", "quick brown fox");
valuesMap.put("target", "lazy dog"); 
String templateString = "The ${animal} jumped over the ${target}."; 
StrSubstitutor sub = new StrSubstitutor(valuesMap); 
String resolvedString = sub.replace(templateString); 

A desvantagem dessa classe é ter que usar uma biblioteca à parte.

Porém ela é muito útil, por exemplo, se você quer deixar o usuário digitar um template parametrizado onde você vai fornecer o valor das variáveis e não quer opções avançadas de formatação.

Um exemplo é se você quer deixar o usuário entrar um padrão de caminho para um arquivo de log rotativo. Poderia ser assim:

/temp/logs/acessos-${data}.log.${numeroArquivo}

E aí o sistema aplica as variáveis data e numeroArquivo ao gravar o log.

É possível modificar o prefixo e o sufixo das variáveis usando outro construtor da classe StrSubstitutor, então não é preciso ficar preso ao padrão ${ e }.

Esse seria um caso mais aproximado ao que se pretende na pergunta.

MessageFormat

Além do padrão do Formatter ou String.format(), existe uma opção um pouco mais avançada que tem suporte inclusive para pluralizar textos, o que é mais adequado se a intenção é parametrizar os textos da aplicação e fazer Internacionalização e Localização.

Trata-se do MessageFormat.

Exemplo:

int planet = 7; 
String event = "a disturbance in the Force"; 
String result = MessageFormat.format( "At {1,time} on {1,date}, there was {2} on planet {0,number,integer}.", 
    planet, new Date(), event); 

Considerações

Note que essas classes tem aplicações específicas e seu uso é desnecessário nos casos de uso mais simples e comuns.

4
  • 1
    Cara StrSubstitutor é muito legal. Nunca imaginei algo do tipo. Muito bom saber obrigado. – Skywalker 4/01/16 às 5:18
  • @nbro Eu diria que realmente são desnecessárias para a maioria dos casos, somente tendo aplicações mais específicas. É preciso compreender o propósito delas. Com o format você tem apenas acesso posicional aos parâmetros enquanto o StrSubstitutor permite criar templates com variáveis nomeadas baseadas em qualquer mapa, inclusive variáveis de ambiente. Por exemplo, é útil para permitir ao usuário entrar templates de caminhos de diretório. Já MessageFormat é bom para L10n e I18n, então é o caminho para manter mensagens coerentes com os valores numéricos sem encher o código de IFs/ternários – utluiz 4/01/16 às 22:31
  • @nbro Eu li o que escreveste, mas neste caso minha compreensão do trecho inúteis a maior parte do tempo foi diferente do que explicaste agora. – utluiz 4/01/16 às 23:12
  • @nbro Obrigado pelo feedback, foi bastante útil. – utluiz 4/01/16 às 23:25

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.