5

Tenho um sistema e utilizo o Boleto PHP carteira 25 sem registro do Bradesco, recebi uma ligação do banco falando que essa carteira deixará de existir passando apenas para carteira com Registro.

Eu utilizo o layout do Boleto PHP.

A principal diferença é que no modelo Boleto sem registro o Banco fica sabendo da emissão quando seu cliente efetuar o pagamento, já na cobrança "Registrada" o banco tem conhecimento no momento que você emitir o boleto.

Alguém sabe informar como é feito esse layout ou posso continuar usando o layout do BoletoPHP? Acho que o layout do BoletoPHP é apenas para carteira sem registro pois com registro tenho que enviar uma remessa para o banco no momento que o boleto é gerado. Esse é meu problema, essa bendita remessa.

  • Acredito que não poderá continuar a utilizar, no Git fica claro, olha -> github.com/CobreGratis/boletophp – David 22/12/15 às 20:17
  • Olá Kleber. Conseguiu resolver? Estou no mesmo dilema que você hoje. Usava o boleto PHP, mas agora preciso implementar o boleto com registro, mas não sei como fazer. Se você conseguiu, poderia me ajudar? – Fox.11 19/07/18 às 18:27
  • olá @Fox.11 eu continuei usando o boleto php, porém fiz o arquivo de remessa para enviar ao banco. – Kleber Souza 24/07/18 às 15:13
  • Olá Kleber. Certo. Mas você mudou a carteira ou algo assim? Pergunto porque vou usar o Boleto PHP e gostaria de saber quais as alterações devo fazer para que ele se torne registrado. – Fox.11 26/07/18 às 1:50

2 Respostas 2

2

Bom dia, Em primeiro lugar o banco normalmente oferece um manual de integração do sistema e também como deve ser o layout do ARQUIVO DE REMESSA, é esse o nome do arquivo que conterá as informacões do boleto ou dos boletos que você gera.

trata-se de um arquivo de texto simples, sem formatação que deve seguir padrões que o banco precis, normalmente regulado pela Febraban.

neste arquivo conterá informações como,valor do boleto, nosso número, vencimento e etc dos boletos que se deseja enviar.

O banco fornece um canal de comunicação semelhante ao que existe com a Secretaria da Fazenda onde é possível submeter esse arquivo.

Para não haver a tarefa enfadonha de se enviar esse arquivo de remessa toda vez que gerar um boleto é interessante que haja uma rotina para que antes do fim do expediente comercial seja enviada uma única remessa desse arquivo para o banco contendo todos os boletos emitidos durante o expediente, mas isso é relativo ao processo adotado na empresa.

isso foi uma explicação bem superficial, em resumo o gerente do seu cliente conseguirá esses manuais para vc fazer de acordo com o que estabelece o Bradesco.

Forte abraço

2

Acontece que no novo sistema, que entrará em vigor em 2017, todos os boletos serão registrados em uma base de dados única, compartilhada com todos os bancos. Onde o boleto só poderá ser pago se ele já estiver registrado nessa base de dados. Dessa forma, será imperativo enviar o arquivo remessa antes mesmo de exibir o boleto para o cliente.

O fluxo novo será assim:

  1. Cliente realiza a compra
  2. O layout do boleto é gerado
  3. O boleto é registrado no banco (conexão similar às transações de cartão de crédito)
  4. O boleto é entregue/exibido ao cliente
  5. O cliente realiza o pagamento

Se não realizar o passo 3, o cliente pode até receber o boleto, mas não vai conseguir pagá-lo.

  • Mesmo que entre em vigor somente em 2017, nesse ano o boleto tem que mudar. Tem que ser com registro, o que não tem necessidade esse ano é o arquivo de remessa, mas ano que vem é obrigatório. – Érik Thiago 2/06/16 às 1:34

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.