3

Estou com um pouco de dúvidas sobre a questão da herança no python.

No seguinte teste, esperava que quack imprimisse o mesmo valor para as duas classes que criei:

class A(object):
    a,b = (None, None)
    def __init__(self):
        self.a = 'a'

    def quack(self):
        return 'retorno "%s" ' % self.a

class B(A):

    def __init__(self):
        super(A, self).__init__()
        self.b = 'b'

Meu teste foi feito assim:

b = B()
a = A()

print(b.quack())
print(a.quack())

A saída foi:

retorno "None" 
retorno "a"

Porém eu pensava que os dois deveriam retornar a mesma coisa.

A herança da propriedade a só funcionou como eu esperava quando alterei o trecho do super para isso:

A.__init(self)

Retorno:

retorno "a"
retorno "a"

Tendo esses dois casos, qual é a diferença entre as duas declarações que criei?

Por que o super não utilizou o método da classe pai?

  • Sua saída não está trocada não? O retorno None é pra classe B e a a é pra classe A, certo? – mgibsonbr 12/12/15 às 22:43
  • É que meu print está invertido, vou postá-lo – Wallace Maxters 12/12/15 às 22:46
  • @mgibsonbr percebi que quando mudei para super(B, self) deu certo. Acho que não entendi para que o super server :\ – Wallace Maxters 12/12/15 às 22:48
  • Haha não vi seu comentário, e acabei postando uma resposta dizendo exatamente isso... :P – mgibsonbr 12/12/15 às 22:54
3

O problema é que o super não deve ser chamado na classe pai, e sim na própria classe:

class B(A):
    def __init__(self):
        super(B, self).__init__()
        self.b = 'b'

Pois a ideia do super não é chamar o método numa classe específica (pra isso a segunda forma que você usou é a mais indicada), e sim chamar o método usando as mesmas regras de herança do python, apenas ignroando a classe atual:

class A(object): ...
class B(A): ...
class C(A): ...
class D(B, C): ...
class E(B): ...

class F(D, E):
    def __init__(self):
        super(F, self).__init__()

Esse exemplo acima vai tentar achar um método __init__ em todas as classes da hierarquia, exceto o próprio F. E a ordem que ele vai buscar é definida pelo processo de herança (que lamentavelmente desconheço...). Isso valeria pra outro método qualquer também, tipo super(F, self).foo().

class F(D, E):
    def __init__(self):
        super(E, self).__init__()

Se você usasse esse código, por outro lado, o Python só iria buscar um __init__ nas superclasses de E, ou seja, B e depois A. Mesmo que C tenha um __init__, e C seja uma das superclasses de F, ele não seria buscado nesse caso. E em particular, o próprio E não é buscado (pois o super assume que é pra ignorar E, da mesma forma como ele ignorou F no exemplo anterior).

  • P.S. Tenho certeza que aqui mesmo no SOpt tem uma pergunta explicando a ordem de busca dos métodos na presença de herança múltipla, mas não estou conseguindo encontrar pra deixar de referência. – mgibsonbr 12/12/15 às 22:58
  • Só pra complementar: Python não obriga que a escrita dos parâmetros de métodos de classes herdadas da mesma forma como no PHP? Quero dizer, se o método __init__ tem os parâmetros a e b na classe A, ele nao será obrigatório na classe B(A)? – Wallace Maxters 12/12/15 às 22:59
  • 1
    Não, aliás eu nem sabia que em PHP era assim... Não conheço nenhuma outra linguagem que obrigue isso, aliás. Em Java, por exemplo, as subclasses podem ter os métodos - e construtores - que quiserem, a única coisa obrigatória é que cada construtor chame um construtor da subclasse implícita ou explicitamente de maneira válida. Python nem isso. E quanto aos demais métodos, se tiver os mesmos parâmetros é override, senão é overload (em Java, em Python tudo é override, já que Python não é estaticamente tipado). – mgibsonbr 12/12/15 às 23:05
  • 1
    A consequência é que em Python é fácil herdar de uma classe mas tornar a classe filha incompatível com a classe mãe... Se o programador quer herdar respeitando o Princípio da Substituição de Liskov - ou os demais princípios do SOLID - isso é por conta dele, a linguagem em si não impõe isso. P.S. no comentário anterior eu quis dizer "chame um construtor da superclasse", não "sub". – mgibsonbr 12/12/15 às 23:10

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.