6

Quero calcular a distância euclidiana através da seguinte fórmula:

formula euclidiana

Então eu tentei, fazendo este código:

#define SLEEP_1 1000
void HeaderClass::DistanciaEuclidianaEntrePontos() {

    int x1, x2, y1, y2, distancia;

    std::cout << "Coordenadas ponto 1 (x): ";
    std::cin >> x1;

    std::cout << "Coordenadas ponto 1 (y): ";
    std::cin >> y1;

    Sleep(SLEEP_1);

    std::cout << "Coordenadas ponto 2 (x): ";
    std::cin >> x2;

    std::cout << "Coordenadas ponto 2 (y): ";
    std::cin >> y2;

    Sleep(SLEEP_1);

    distancia = sqrt(((x2 - x1) ^ 2) + ((y2 - y1) ^ 2));

    std::cout << "Distancia Euclidiana: " << distancia << std::endl;
}

mas mesmo assim não consigo obter o que eu quero...

por exemplo:

√(4-7) ² + (2-5) ² = 12

mas o programa diz :

√(4-7) ² + (2-5) ² = -214(...)

Existirá alguma maneira mais de o fazer?

  • O que você está obtendo desse jeito, e o que esperava obter? – Bacco 11/12/15 às 20:45
  • Não sei bem, dá me um numero enorme, por exemplo : √(4-7) ² + (2-5) ² = 12 mas no programa diz : - 214... – André 11/12/15 às 20:48
  • 1
    Dei uma resposta que deve resolver seu problema, mas gostaria de perguntar: é int mesmo que você quer, não seria double? Assim a distância pode ser truncada, se ela não der um valor inteiro. – mgibsonbr 11/12/15 às 21:06
  • Não pois o double entraria em conflito com o " ^2 " (²) – André 11/12/15 às 21:09
  • @André Não entendi... Você pode calcular o quadrado de um double sim, sem problemas... – mgibsonbr 11/12/15 às 21:12
7

Seu problema está nessa linha:

distancia = sqrt(((x2 - x1) ^ 2) + ((y2 - y1) ^ 2));

Em C++, o operador ^ não é a exponenciação, mas o "ou exclusivo" (xor). Você está fazendo o xor da diferença entre os números e 2, o que é equivalente a mudar o 2º bit do número e só. Em C++ não há um operador de exponenciação, que eu saiba, melhor simplesmente multiplicar a diferença por ela mesma:

distancia = sqrt(((x2 - x1) * (x2 - x1)) + ((y2 - y1) * (y2 - y1)));
  • 2
    @Bacco hehe é, às vezes esses detalhes passam despercebidos... :P P.S. O pow seria bom se as sub-expressões tivessem efeitos colaterais, e não pudessem ser usadas duas vezes (o que não é o caso aqui). – mgibsonbr 11/12/15 às 20:59
  • Veja funcionando no IDEONE. ideone.com/rlmEy3 Na verdade, se usar o float obtém 4 e uns quebrados (o que faz sentido, pois 4 * 4 = 16, quase 18) – Bacco 11/12/15 às 21:15
  • Pois, no IDEONE dá 4.24264 >.> devido ao facto de usar float – André 11/12/15 às 21:16
  • sim , eu reparei – André 11/12/15 às 21:17
  • 1
    +1, embora eu não goste muita da solução de se usar (x2 - x1) * (x2 - x1) por uma questão de legibilidade de código e por questões relacionadas com arredondamentos para diferenças muito pequenas; tenho de verificar se hypot(x1-x2,y1-y2) é preferível a isto no que concerne os arredondamentos. – Alexandre Cartaxo 11/12/15 às 21:44
6

Eu faria assim, aproveitando a maior parte do seu código, usando hypot(x,y) (apenas a partir do C++11) que devolve a raiz quadrada da soma quadrática de x e y:

#include <iostream>
#include <cmath>
using namespace std;

int main(){

    double x1, x2, y1, y2, distancia;

    cout << "Coordenadas ponto 1 (x): ";
    cin >> x1;

    cout << "Coordenadas ponto 1 (y): ";
    cin >> y1;

    cout << "Coordenadas ponto 2 (x): ";
    cin >> x2;

    cout << "Coordenadas ponto 2 (y): ";
    cin >> y2;

    distancia = hypot(x1-y1,x2-y2);

    cout << "Distancia Euclidiana: " << distancia << endl;

    return 0;

}

Note também que tanto as coordenadas dos pontos como a distância não podem ser inteiros (a menos que tenha um espaço discretizado). Uma sugestão interessante seria a de escrever o código válido para um espaço com uma métrica euclidiana a n-dimensões ou para espaços com métricas diferentes.

  • 2
    +1 Não conhecia esse hypot, para usar na prática concordo que seria o melhor. Mas como nesse caso trata-se obviamente de um exercício, imagino que o cálculo explícito é mesmo o mais desejado (seja multiplicando o fator por ele mesmo, seja usando a função de potência). – mgibsonbr 11/12/15 às 21:49
  • 3
    @mgibsonbr O C++11 introduz algumas funções novas na `cmath´, em particular as funções hiperbólicas inversas, a raiz cúbica, funções erro e gama, mais algumas de arredondamento, etc. Bem sei que não é do interesse de toda a gente, mas são muito bem vindas. Em relação à sua resposta, creio que foi muito didáctica porque apontou as diferenças dos operadores. Em jeito de confissão: eu preferia que houvesse, de facto, um operador para a exponenciação no C++. – Alexandre Cartaxo 11/12/15 às 21:55
  • fica fácil lembrar do nome da função, no fim o resultado é mesmo a hipotenusa. – Bacco 11/12/15 às 23:01
1

O que você pode fazer também é criar uma função que faça a exponenciação e usa-lá para calcular o quadrado do número.

Exemplo:

int exp (int num){
    return num * num;
}
distancia = sqrt((exp(x2 - x1)) + (exp(y2 - y1)));

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.