2

Estou com dificuldades de entender a diferença entre eles, pois percebi que estava usando o método .save() para alterar os meus valores, porém reparei que existe o .update().

2

O método save salva as alterações em um único objeto do modelo (ou seja, uma única linha do BD), enquanto o update pode alterar vários objetos ao mesmo tempo. As diferenças são as seguintes:

  1. objeto.save()

    • É chamado em um único objeto;
    • Pode ser sobrescrito no modelo para executar lógica própria antes ou depois de salvar de fato;
    • Pode ser usado para criar um novo objeto ou atualizar um objeto já existente. Ele escolhe entre um e outro dependendo do objeto já existir no BD ou não.
      • Para garantir que o Django somente salve se o objeto não existir, passe o argumento force_insert=True ao método save. Ele lançará uma exceção se o objeto já existir, em vez de fazer um UPDATE.
      • Para garantir que o Django somente salve se o objeto existir, passe o argumento force_update=True ao método save. Ele lançará uma exceção se o objeto não existir, em vez de fazer um INSERT.
  2. queryset.update()

    • É chamado em um queryset, podendo afetar zero ou mais objetos simultaneamente;
      • Ele inclusive é chamado antes do queryset ser avaliado, de modo que ele não faz um SELECT e depois um UPDATE - ele só faz o UPDATE.
    • Não permite executar lógica própria antes ou depois de salvar cada objeto individual. Em particular, ele não chama o método save de cada objeto atualizado;

      • Se você precisa de alguma lógica customizada durante o salvamento, não use o método update. Em vez disso salve em um loop:

        for objeto in queryset:
            objeto.save()
        

        Isso é menos eficiente que o método update (pois faz N+1 comandos SQL em vez de apenas 1), mas pode ser necessário em algumas situações.

    • Atualiza todos os objetos do queryset para um único, mesmo valor, em um único comando SQL. Se o valor final puder ser calculado a partir dos valores atuais dos registros, pode-se usar expressões F junto com esse comando. Exemplo:

      MeuModelo.objects.filter(campo1=42).update(campo2 = F('campo2') + 1)
      

      (Incrementa em 1 a coluna campo2 de toda linha que possui campo1 igual a 42, tudo isso num único comando SQL)

2

Existem várias diferenças entre os dois.

O Update pode ser usado para atualizar vários objetos, o Save funciona para salvar uma única linha no banco.

No caso de múltiplas alteração o Update vai lhe dar muito mais performasse, porque é uma chamada por queryset.

Em contra partida o Save é muito fácil de ser sobre escrito, como no exemplo abaixo:

Class myModel(models.Model): 
    name = models.CharField()
    date_created = models.DateField()

    def save(self):
        if not self.pk :
           self.date_created = datetime.datetime.now()
        super(myModel , self).save()

Não é nada de errado em usar o Save, mas caso tenha situações onde você pode fazer alterações em massa pense no uso do Update

ATUALIZAÇAO

O Save executa qualquer sobre escrita, o Update não vai executar a sobre escrita do metodo Save do model.

Aqui tem um guia legal dizendo o que acontece exatamente no momento de salvar e também fala sobre como ele sabe se é um inclusão ou alteração.

  • 2
    +1 Note que esses sinais pre_save e post_save não são enviados no caso do update, só do save. – mgibsonbr 4/12/15 às 1:25

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.