1

Tenho dois formulários:

No form1 há uma ListBox com alguns dados pré-inseridos e um método.
No form2 há um botão que executa um método no form1.

//form1
public void limparListBox()
{
    listBox1.Items.Clear();
}

//form2
private void button1_Click(object sender, EventArgs e)
{
    form1 limpar = new form1;
    limpar.limparListBox();
}

Por algum motivo que desconheço, ele simplesmente não limpa a ListBox.

Quero saber o motivo e como posso resolver este problema.

  • 1
    possível duplicata de Como fazer form filho alterar valores no form pai C#? – Felipe Avelar 22/03/14 às 3:28
  • 3
    O problema é que você cria uma nova referência da form1, ao invés de utilizar a referência para a form1 que já está criada. Ou seja, você apaga a ListBox de uma form1 que não é a form1 que você tem a intenção de apagar. – Felipe Avelar 22/03/14 às 3:30
  • @FelipeAvelar, wut? Como seria a forma de fazer sem "criar" um novo form1? – ptkato 22/03/14 às 4:13
  • Na verdade, não é que você não criou a form, mas, provavelmente, você não está passando a referência da form que está na tela e, por isso, parece não estar executando. Provavelmente, se você der limpar.show(), vai ser apresentada uma outra form que tem o ListBox limpa. – Felipe Avelar 22/03/14 às 4:23
  • Isso funcionaria com um form com mais componentes além da ListBox? Por exemplo, além da ListBox, ter uma ComboBox e uma TextBox, quero dizer, ele apagaria apenas a ListBox? – ptkato 22/03/14 às 4:30
1

Isso daqui está incorreto, inclusive no construtor do form1 que deveria conter a chamada ao método com ():

//form2
private void button1_Click(object sender, EventArgs e)
{
    form1 limpar = new form1(); // em vez de form1;
    limpar.limparListBox();
}

O que você faz aqui é chamar o método limparListBox() de uma instância de objeto form1 que acabou de ser criada e provavelmente não é aquela instância que já está sendo exibida na tela e deve ter sido criada em outro momento.

Outro detalhe se refere à falta de padrão para nomes de classes e membros ao usar CamelCase (ou lowerCamelCase) que é o padrão utilizado em Java mas não em C#, que utiliza PascalCase (ou UpperCamelCase). Vou presumir que os tipos foram criados com o Visual Studio e o padrão de case nos nomes de classe foi mantido.

Então, assumindo que temos dois forms (Form1 e Form2) e que o Form2 é aberto com um botão no Form1. O código ficaria assim:

//Form1
private void button1_Click(object sender, EventArgs e)
{
    var form2 = new Form2();
    form2.Form1 = this; //aqui, vamos criar uma propriedade no Form2 que recebe a referência do Form1: this
    form2.Show();
}

public void LimparListBox() //aqui o método que será chamado no Form2 setado como public
{
    //
}

E o código do Form2:

//Form2
public partial class Form2 : Form
{
    public Form1 Form1 { get; set; } //essa é a propriedade que recebe a referência this do Form1

    public Form2()
    {
        InitializeComponent();
    }

    private void button1_Click(object sender, EventArgs e)
    {
        // form1 limpar = new form1(); 
        // em vez de criar uma nova instância ... 
        Form1.LimparListBox(); //... usamos aquela passada por referencia
    }
}
  • Utilizei suas dicas... fiz um outro teste, coloquei uma mensagem no método limparListBox(), quando eu aciono o método através do botão enquanto a ListBox está sem nenhum item, a mensagem aparece, quando não, quando há itens na ListBox, a mensagem não aparece. – ptkato 23/03/14 às 0:11
0

Não tenho experiência com C#, mas pelo que entendi o seguinte deve funcionar:

Supondo que estejam em namespaces separados, adicione o namespace do Form1 no using do Form2:

using Form1;

Se por acaso estiverem no mesmo namespace, o passo acima não é necessário.

E chame a variável pública form1 assim:

private void button1_Click(object sender, EventArgs e)
{
    form1.limpar.limparListBox();
}

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.