3

Gostaria de uma explicação quanto ao funcionamento do banco de dados Express Edition disponibilizado pela Oracle para estudantes, pois pelo terminal criei uma tabela e fiz uma inserção e tudo bem , fechei o aplicativo, quando abri e fiz uma consulta os dados não estavam mais guardados e o banco informava que não havia nada na tabela em questão.
Eis duas questões:
O seu armazenamento é volátil , sendo usado só para que se possa aprender os seus comandos?
Queria uma explicação sobre o seu uso, e ele possui também uma interface gráfica?.

2

O Oracle Express Edition é idêntico às edições enterprise, tendo apenas limitações de licença e de capacidade (tamanho da base, número de usuários, performance em concorrência, etc.).

O problema que você está enfrentando se dá porque o comportamento padrão do Oracle é iniciar implicitamente uma transação ao receber um comando de manipulação de dados (insert, delete, update).

Esta transação iniciada implicitamente precisa ser explicitamente encerrada (com um comando commit ou rolback), do contrário o Oracle fará automaticamente o rollback ao final da sessão (quando você desconectar).

Este comportamento não é o padrão de todos os SGBDs. O Microsoft SQL Server, por exemplo, inicia e commita implicitamente uma transação a cada comando de manipulação de dados, desde que o usuário não tenha iniciado explicitamente a transação (se o usuário inciar a transação explicitamente ele também precisa fazer o commit explicitamente).

Portanto, para resolver o seu problema, depois de inserir um registro execute o comando commit, assim a transação será efetivada e o registro estará disponível para outros usuários (outras conexões).

Este comportamento padrão também pode ser alterado por configuração de servidor ou de sessão, mas geralmente não é uma boa idéia.

Já a interface gráfica é uma ferramenta à parte do servidor de banco de dados e existem várias disponíveis, como Oracle SQL Developer e SQuirreL SQL Client.

2

Tente rodar seu comando (criação de tabela, insert, etc) e adicione ao final:

COMMIT;

Feche o programa e abra-o novamente e verifique se os dados continuam persistidos, caso a resposta for sim você tem que ativar o commit implícito no seu banco.

Sobre a sua pergunta sobre a versão Express, a resposta é não, esse banco funciona igual a versão paga quanto ao armazenamento de dados.

2

Entendendo o comportamento de um COMMIT

Uma transação qualquer normalmente é iniciada por uma aplicação ou usuário. Durante a execução de uma transação, são geradas alterações de dados e consequentemente alterações em buffer (memória). Esta área de memória é definida através do parâmetro log_buffer. Quando um usuário ou aplicação executa um COMMIT, o Oracle imediatamente grava os dados armazenados em buffer (memória) para disco (redo log files) juntamente com os dados de redo para o commit. Enquanto este processo não for completamente concluído, (todos os dados estejam gravados nos Online Redo Log Files) o Oracle não irá “liberar” a sessão.

Alterando o comportamento de um COMMIT

Pode-se alterar o comportamento de uma instrucão COMMIT de 2 Formas:

  1. Opções através do próprio comando COMMIT
  2. Alterando a sessão ou o Ambiente

Informações retirada do link: http://imasters.com.br/artigo/24548/oracle/alterando-comportamento-de-transacoes-no-oracle-database-com-asynchronous-commit/

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.