adicionou 68 caracteres ao conteúdo
Fonte Link
DNick
  • 2,9mil
  • 10
  • 27

O problema que você está tendo é de Injeção de Dependência .

A dependência de uma classe se dá quando se "injeta", passa uma classe para ser trabalhada dentro da outra.

Isso quer dizer que, para que haja uma injeção de dependência, a instanciação de um objeto não deve se dar dentro da classe, mas do lado de fora dela e então, injetada.

Uma das formas de realizar isso é injetando a classe externa através do método construtor.

Vamos ao exemplo:

<?php

class NotificationEmail  
{
    public function send()
    {
        // TODO
    }
}

class UserCommandUsuario  
{
    protected $notification;$email;

    //Injeção de dependência através do método construtor
    public function __construct(NotificationEmail $notification$email)
    {
        $this->notification>email = $notification;$email;
    }

    public function handleporEmail()
    {
        $this->notification>email->send();
    }
}

__construct() é como se declara um método construtor em PHP, diferente de linguagens como Java onde se utiliza o mesmo nome da classe, por exemplo: public UserCommandUsuario().

Repare que agora paraao chamar o método $command->porEmail() estamos na verdade acionando o método send() noda classe Controller$email  , por exemplo, podemos fazer assim:

$notification$email = new Notificationemail();

$command$anunciar = new UserCommandUsuario($notification$email);
$command$anunciar->handle>porEmail();

Note que a classe UserCommandUsuario recebe por injeção de dependência $notification$email. Todo esse processo que fizemos significa injeção de dependência. Viu como é simples?

O problema que você está tendo é de Injeção de Dependência .

A dependência de uma classe se dá quando se "injeta", passa uma classe para ser trabalhada dentro da outra.

Isso quer dizer que, para que haja uma injeção de dependência, a instanciação de um objeto não deve se dar dentro da classe, mas do lado de fora dela e então, injetada.

Uma das formas de realizar isso é injetando a classe externa através do método construtor.

Vamos ao exemplo:

<?php

class Notification  
{
    public function send()
    {
        // TODO
    }
}

class UserCommand  
{
    protected $notification;

    //Injeção de dependência através do método construtor
    public function __construct(Notification $notification)
    {
        $this->notification = $notification;
    }

    public function handle()
    {
        $this->notification->send();
    }
}

__construct() é como se declara um método construtor em PHP, diferente de linguagens como Java onde se utiliza o mesmo nome da classe, por exemplo: public UserCommand().

Repare que agora para chamar o método send() no Controller, por exemplo, podemos fazer assim:

$notification = new Notification();

$command = new UserCommand($notification);
$command->handle();

Note que a classe UserCommand recebe por injeção de dependência $notification. Todo esse processo que fizemos significa injeção de dependência. Viu como é simples?

O problema que você está tendo é de Injeção de Dependência .

A dependência de uma classe se dá quando se "injeta", passa uma classe para ser trabalhada dentro da outra.

Isso quer dizer que, para que haja uma injeção de dependência, a instanciação de um objeto não deve se dar dentro da classe, mas do lado de fora dela e então, injetada.

Uma das formas de realizar isso é injetando a classe externa através do método construtor.

Vamos ao exemplo:

<?php

class Email  
{
    public function send()
    {
        // TODO
    }
}

class Usuario  
{
    protected $email;

    //Injeção de dependência através do método construtor
    public function __construct(Email $email)
    {
        $this->email = $email;
    }

    public function porEmail()
    {
        $this->email->send();
    }
}

__construct() é como se declara um método construtor em PHP, diferente de linguagens como Java onde se utiliza o mesmo nome da classe, por exemplo: public Usuario().

Repare que agora ao chamar o método $command->porEmail() estamos na verdade acionando o método send() da classe $email  , por exemplo, podemos fazer assim:

$email = new email();

$anunciar = new Usuario($email);
$anunciar->porEmail();

Note que a classe Usuario recebe por injeção de dependência $email. Todo esse processo que fizemos significa injeção de dependência. Viu como é simples?

Fonte Link
DNick
  • 2,9mil
  • 10
  • 27

O problema que você está tendo é de Injeção de Dependência .

A dependência de uma classe se dá quando se "injeta", passa uma classe para ser trabalhada dentro da outra.

Isso quer dizer que, para que haja uma injeção de dependência, a instanciação de um objeto não deve se dar dentro da classe, mas do lado de fora dela e então, injetada.

Uma das formas de realizar isso é injetando a classe externa através do método construtor.

Vamos ao exemplo:

<?php

class Notification  
{
    public function send()
    {
        // TODO
    }
}

class UserCommand  
{
    protected $notification;

    //Injeção de dependência através do método construtor
    public function __construct(Notification $notification)
    {
        $this->notification = $notification;
    }

    public function handle()
    {
        $this->notification->send();
    }
}

__construct() é como se declara um método construtor em PHP, diferente de linguagens como Java onde se utiliza o mesmo nome da classe, por exemplo: public UserCommand().

Repare que agora para chamar o método send() no Controller, por exemplo, podemos fazer assim:

$notification = new Notification();

$command = new UserCommand($notification);
$command->handle();

Note que a classe UserCommand recebe por injeção de dependência $notification. Todo esse processo que fizemos significa injeção de dependência. Viu como é simples?